fbpx
dezembro 4, 2014
0
||||| 0 |||||
180

2 mil vagas no Pronatec para catadores

A presidenta Dilma Rousseff anunciou a criação de 2 mil vagas no Pronatec para catadores de materiais recicláveis para viabilizar a  capacitação no Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) Catadores, durante celebração do Natal Solidário dos Catadores e da População em Situação de Rua, em São Paulo, nesta quarta-feira (3).

Durante o evento, as regras e os critérios para execução do Pronatec Direitos Humanos, que foram publicados pela Secretaria de Direitos Humanos (SDH/PR) em portaria, no dia 26 de novembro, no Diário Oficial da União (DOU) também foram anunciadas.

O principal objetivo do programa é democratizar o acesso ao ensino profissionalizante às pessoas com deficiência, adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas e pessoas em situação de rua.

A nova modalidade, que será executada pela Secretaria de Direitos Humanos (SDH/PR) em parceria com o Ministério da Educação (MEC) terá três versões.

A presidenta Dilma Rousseff anunciou nesta quarta-feira (3) a criação de 2 mil vagas no programa Pronatec Catadores e outras medidas de inclusão social à categoria dos catadores de materiais recicláveis.

A presidenta Dilma Rousseff anunciou nesta quarta-feira (3) a criação de 2 mil vagas no programa Pronatec Catadores e outras medidas de inclusão social à categoria dos catadores de materiais recicláveis.

Por meio do Pronatec Sinase serão oferecidas vagas em cursos para adolescentes que cumprem medidas socioeducativas, enquanto o Pronatec População de Rua (Pronatec Pop Rua) é voltado para a qualificação profissional de pessoas em situação de rua identificadas pelos órgãos estaduais. Por fim, o Pronatec Viver Sem Limites atenderá pessoas com deficiência.

Os órgãos estaduais, municipais, distritais e as entidades civis que desenvolvem políticas e ações destinadas aos beneficiários, deverão identificar as demandas entre o público-alvo, segundo a portaria, observando os termos do termo de adesão a ser celebrado com a SDH/PR.

Professor Amarildo Ferrari

Você aprenderá sobre A Política Nacional dos Resíduos Sólidos, Elaboração do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS), Acondicionamento e tipos de Resíduos, Tratamento e disposição final dos Resíduos, A logística reversa e a Situação dos resíduos sólidos no Brasil

Em seguida, haverá a pactuação e a repactuação de vagas ofertadas por instituições também parceiras do Pronatec que oferecem os cursos profissionalizantes, de acordo com as datas definidas pelo MEC e divulgadas pela SDH/PR.

Pronatec

O Pronatec foi criado em 2011, com o objetivo de ampliar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica pelo País. Este programa compõe as ações de diversas políticas públicas, dentro do Plano Brasil Sem Miséria, para inclusão social dos beneficiários do CadÚnico.

A meta do governo é chegar a 8 milhões até o fim de 2014, antes da segunda etapa do programa, que deverá oferecer 12 milhões de vagas entre 2015 e 2018.

Na cidade de São Paulo, para intensificar os esforços de inclusão socioeconômica das pessoas que vivem em situações de maior vulnerabilidade, o governo municipal lançou o Pronatec/PopRua, em março de 2013.

A primeira edição do Prêmio Cidade Pró-Catador foi lançada em setembro de 2013 e contou com inscrição de 63 municípios, dos quais 10 foram selecionados na primeira etapa. As iniciativas foram avaliadas in loco pela comissão de técnicos do governo federal, que escolheram as quatro que mais se destacam no desenvolvimento de políticas públicas junto aos catadores de materiais recicláveis. A cerimônia de entrega do Prêmio Cidade Pró-Catador aos prefeitos e catadores dos municípios vencedores ocorreu na quarta edição do Natal dos Catadores, em dezembro, na ExpoCatadores, em São Paulo. Os municípios vencedores foram Arroio Grande (RS), Bonito de Santa Fé (PB), Crateús (CE) e Ourinhos (SP).

Fonte: Portal Brasil

Share this:
Tags:

About gleysson

gleysson

Sou especialista em transformar problemas ambientais em negócios sustentáveis. Formado em Dip. Ing. Verfahrenstechnik (Eng. Química) pela Universidade de Ciências Aplicadas de Frankfurt/M na Alemanha com especialização e experiência em Tecnologias para geração de Energia e Engenharia Ambiental. Larga experiência em Resíduos Sólidos com foco em Biodigestores Anaeróbios

  • LinkedIn
  • Email

Add Comment