Biogás no mundo – Carlo Galeffi

O produção de Biogás no mundo vai crescer 60% nos próximos 5 anos. Isso se dá tanto pela necessidade do mercado como pelo uso de tecnologias adequadas no tratamento de resíduos sólidos orgânicos.

A potência das instalações industriais que produzem biogás no mundo irá aumentar a partir de cerca de 4,7 GWe em 2012 para mais de 7,3 GWe em 2016, com um crescimento de 60% e um aumento no número de instalações de 9.700 unidades a 13.500 unidades. Os dados estão contidos na terceira edição de “O biogás em energia 2012/2013″, relatório preparado pela empresa de análise Ecoprog e do Instituto Fraunhofer.

Para manter a vitalidade do mercado serão principalmente países europeus, como a Itália, o Reino Unido e a França, enquanto que haverá um declínio da Alemanha, que em breve vai perder o primeiro lugar neste setor estratégico, como já observou-se uma drástica flexão que começou no início de 2012 .

No mundo são ativos mais de 10.000 instalações de biogás com uma capacidade de cerca 5 GW elétricos, dos quais dois terços estão localizados na Alemanha. Graças aos programas de subsídios favoráveis, os mercados europeus já afirmados, como o italiano, britânico ou da República Checa, continuarem a dominar o setor para os próximos cinco anos, com um lento aproximar-se de alguns países de Leste Europa e também fora da área da UE, como EUA, Canadá, China, Índia e Japão.

Você quer trabalhar ou empreender no setor de resíduos mas não sabe por onde começar? Boas notícias! Não precisa fazer faculdade! Este curso foi feito pra você!

Esse conteúdo precisa alcançar mais pessoas. Compartilhe!

Agora é a sua vez. Você acha que consegue contribuir com o conteúdo acima? Deixe seu comentário!

Não pare agora, continue lendo