fbpx
novembro 11, 2013
0
||||| 0 |||||
1368

Como inicializar um empreendimento no setor de resíduos sólidos

Qual é o perfil do profissional de resíduos sólidos? Por que investir no setor de resíduos sólidos? Como ingressar no mercado de resíduos? Quais são os passos empreender no setor de resíduos sólidos? A gente esclarece tudo aqui!

A falta de gerenciamento de resíduos sólidos é a causa de grande parte dos problemas ambientais. Infelizmente, muitos materiais que poderiam alimentar as indústrias estão se perdendo nos aterros sanitários. A consequência disso é o aumento da extração de matéria-prima, o que ocasiona desmatamento e poluição das nossas águas. Dessa forma, muda-se o regime de chuvas e a agricultura é prejudicada. Além disso, há surtos de doenças como dengue e zika, consequência da derrubada das matas. 

Se há uma infinidade de materiais prontos, qual é a necessidade de começar o processo de fabricação do zero? Os lixões já estão proibidos por lei e não é interessante perder áreas para construção de aterros. É preciso haver fortalecimento da economia circular e o domínio das indústrias recicladoras no mercado. Por isso, cada vez mais surgem profissionais de gerenciamento de resíduos sólidos capacitados para isso.

O gerenciamento de resíduos sólidos é uma área cada vez mais valorizada. Já não há mais espaço no mundo para desperdício. A tendência século XXI será a correção dos erros do século XX. Por isso, os profissionais devem estar preparados. Você já pensou em qualificar para uma área que ainda existirá no futuro? Faça o curso COMÉRCIO DE RECICLÁVEIS!

Qual é o perfil do profissional de resíduos sólidos?

O setor de resíduos sólidos tem como base o comércio de recicláveis. O trabalho do catador representa a forma mais simples fazer esse comércio. Esse tipo de trabalhador é o que recolhe os resíduos nas ruas e vende para os interessados. No entanto, quem quer ter sucesso comercializando esses materiais, precisa entender algumas coisas. A indústria recicladora precisa receber materiais de forma constante. Dessa forma, é preciso garantir que os resíduos de grandes geradores cheguem até as empresas de reciclagem ininterruptamente.  

A partir das demandas da indústria recicladora, aumenta a procura por profissionais qualificados e isso não exclui os catadores. Esse profissional precisa conhecer a rota dos resíduos e quanto eles valem no mercado. A partir disso cria-se uma estrutura de negócio. O empreendedor já sabe qual tipo de resíduo comercializar e o transporte necessário. O próximo desafio é buscar investimento. Há os que vão mais além: buscam recursos para abrir a sua própria indústria recicladora. 

A boa notícia é que não existe ninguém no mundo capaz de gerenciar os resíduos sólidos sozinho. As cidades geram toneladas diárias de resíduos e isso gera uma demanda crescente pelo gerenciamento desses materiais. Seja qual for o perfil do profissional, existe um caminho certo para o sucesso.  

Por que investir no setor de resíduos sólidos?

Muita gente diz que o mercado de resíduos é uma utopia. A verdade é que as indústrias recicladoras precisam dos resíduos que geramos, que não são poucos. No entanto, esse fluxo não ocorre de qualquer jeito. As pessoas imaginam que as usinas irão pagar todos os que aparecerem com uma sacola de lixo na mão. Ao contrário do que pensam, esse processo envolve acordos e contratos. É preciso ter um plano estruturado e por isso muitos desistem. 

A população brasileira tem ciência do problema da geração dos resíduos, mas desconhece as ferramentas para resolvê-lo. Os estudantes dessa área sabem classificar todos os resíduos, sabem o que é reciclagem, mas não conectam as informações. Se todos tivessem profundo conhecimento em como funciona o mercado de recicláveis, será que haveria o medo de investir? É uma atividade estável, necessária e com pouca concorrência, só que exige um conhecimento pouco difundido. Dessa forma, a proposta do Virapuru é disponibilizar o conhecimento necessário para movimentar esse tipo de comércio.

Como ingressar no mercado de resíduos?

Para entrar no mercado de resíduos, primeiro você deve ter conhecimento da dinâmica desses materiais. É necessário saber de onde eles vieram e para onde eles vão. Traçada a rota, é preciso disponibilizar um meio de transporte para a entrega das mercadorias. Parece bem simples, não é? Mas o sucesso mora nos detalhes. 

Descobrir a rota dos resíduos é muito fácil. No entanto há o primeiro desafio: como transportá-los? Alugar um caminhão custa dinheiro, por isso lucro da venda precisa ser certo. Por isso, ter conhecimento é indispensável. Saiba o preço do que você está vendendo e garanta a qualidade do material. Dessa forma, ficará fácil saber se o aluguel do caminhão dará lucro ou prejuízo.   

Qualquer pessoa pode ter sucesso no mercado de resíduos. O conhecimento prático e fundamental para evitar danos. O comércio de recicláveis está de braços abertos, mas é preciso entrar preparado. Todas as histórias de pessoas que lucraram com isso, começaram com um projeto muito bem elaborado.  

Quais são os passos empreender no setor de resíduos sólidos? 

Para responder a essa pergunta, elaboramos um passo a passo que você pode ver abaixo:

1° Passo: Informações preliminares

Para iniciar um empreendimento no setor de resíduos sólidos, é preciso conhecer as demandas da cidade. Que tipos de resíduos são gerados? Quais são as alternativas de tratamento? Será que faltam empresas recicladoras? Todas essas informações são necessárias para evitar o investimento em serviços pouco lucrativos. As visitas técnicas são essenciais para ampliar a visão dos negócios. Há dois instrumentos para auxiliar nessa pesquisa: o Plano Municipal de Gestão Integrada e o Diagnóstico de Resíduos.  O diagnóstico de resíduos é exigido pelos Planos Municipais de Gestão de Resíduos e estão melhor explicados nesse vídeo: 

https://youtu.be/bkTBzPK-KKk

2° – Definição do Modelo de Negócios

Depois da etapa de pesquisa, você provavelmente deve ter identificado uma grande oportunidade. Como já foi dito antes, nenhuma boa oportunidade se concretiza sem um bom plano. Por isso, é necessário procurar um consultor especializado em elaborar um bom Plano de Negócios ou se qualificar para isso. Naturalmente, a primeira opção é mais adequada para economizar tempo. Isso é importante para potencializar o negócio e evitar o investimento em empreendimento sem viabilidade econômica. 

Nesta fase serão estudados:

  • A quantidade de resíduos que podem ser processadas diariamente;
  • A identificação da demanda no mercado local por produtos reciclados;
  • A identificação de demanda por possíveis produtos em cidades vizinhas ou mesmo no mercado internacional, principalmente no setor de reciclagem de plásticos;
  • Possíveis modelos de negócios e seus cálculos de viabilidade econômica.
  • Entre outros.

O consultor será responsável por tornar o modelo de negócios claro para o empreendedor interessado. Dessa forma, ficarão claros os objetivos, os lucros e os riscos. Se esse modelo for vantajoso, o projeto poderá ser concretizado.   

3° – Concepção do Projeto

A partir da identificação do modelo de negócio ideal, é hora de trabalhar na concepção do projeto. Nessa fase, será feito o planejamento prático de como o empreendimento deverá ser realizado. Entre os pontos mais importantes dessa fase, podemos citar:

  • Definição do Tipo de empresa a ser aberto;
  • Espaço mínimo necessário para a implantação do empreendimento;
  • Todo o maquinário necessário será identificado, inclusive com fabricantes e fornecedores e seus devidos custos;
  • Definição do treinamento de funcionários para a operação e manutenção do empreendimento;
  • Definição do quadro de funcionários, suas qualificações mínimas e treinamentos posteriores;
  • Planilha com investimento inicial exato e custo operacional;
  • Cálculos de movimentação financeira estimados para os próximos 3 anos;
  • Cronograma de construção do empreendimento;
  • Entre outros.

Este documento deve ser escrito observando-se sua destinação posterior. Se o empreendimento for financiado por alguma intuição financeira, deve-se observar os critérios dos documentos exigidos e adaptar o projeto.

4° – Construção do empreendimento

A construção do empreendimento deve seguir a concepção do negócio trabalhada no ponto 3° deste tópico. Qualquer desvio do planejamento inicial deve ser devidamente protocolada em anexo ao documento inicial. Para os consultores é importante saber que cada uma dessas fases pode ser contratada de forma independente uma da outra.  Contudo isso depende da negociação a ser feita entre os profissionais da área e os empreendedores. Mesmo nos casos em que os empreendedores sejam os próprios profissionais da área, é aconselhável seguir essa linha de pensamento.

Para entender melhor como inicializar um empreendimento no setor de resíduos sólidos, clique em uma das figuras do diagrama abaixo:

Você gostaria de se qualificar para uma área estável, lucrativa e que ainda existirá no futuro? Faça o curso COMÉRCIO DE RECICLÁVEIS clicando aqui:

Share this:
Tags:

About Gleysson B. Machado

Gleysson B. Machado

Sou especialista em transformar problemas ambientais em negócios sustentáveis. Formado em Dip. Ing. Verfahrenstechnik (Eng. Química) pela Universidade de Ciências Aplicadas de Frankfurt/M na Alemanha com especialização e experiência em Tecnologias para geração de Energia e Engenharia Ambiental. Larga experiência em Resíduos Sólidos com foco em Biodigestores Anaeróbios

  • Website
  • Instagram
  • LinkedIn
  • Email

Add Comment