fbpx
novembro 29, 2013
0
||||| 0 |||||
1676

Compostagem

A compostagem, ou bio-estabilização é um processo biológico aeróbio controlado que leva à produção de uma mistura de substâncias humificadas (o composto) a partir de resíduos vegetais, tanto verdes que de madeira ou mesmo animais pela ação de bactérias e fungos.

O composto é resultado da decomposição e de humificação de uma mistura de materiais orgânicos (como por exemplo resíduos de poda, restos de cozinha, estrume, esgotos ou resíduos de jardinagem, como folhas e grama cortada) por causa de macro-e micro-organismos em condições particulares: a presença de oxigênio e o equilíbrio entre os elementos químicos da matéria envolvida na transformação.

Pilha no início do processo de compostagem

Pilha no início do processo de compostagem

O composto pode ser usado como fertilizante em gramados ou antes de arar. A sua utilização, com a adição de substância orgânica, melhora a estrutura do solo e a biodisponibilidade de nutrientes (compostos de fósforo e de azoto).

Como ativador biológico aumenta também a biodiversidade da microflora do solo.

Participe do melhor treinamento empresarial gratuito oferecido pelo Virapuru Training Center Lixo é Dinheiro

Treinamento Empresarial - Lixo é Dinheiro - 100% online e Gratuito

REALIZAÇÃO DA COMPOSTAGEM

Para ter um bom composto é bom lembrar que são os organismos decompositores no solo a produzi-lo. Eles precisam de três parâmetros:

  • Nutrientes equilibrados que consistem em uma mistura de materiais carbonosos materiais (marrons-duros-secos) e nitrogenados (verdes-moles-úmidos).
  • Umidade que vem do material nitrogenado (úmido) e, eventualmente, da água da chuva ou trazida manualmente.
  • Ar que se infiltra através dos poros produzidos pela presença de substâncias carbonosas estruturantes (duras).

É crucial manter o teor adequado de umidade do material, caso contrário o processo será lento se for muito seco ou muito úmido. Também neste último caso irá ocorrer um apodrecimento indesejado (processo anaeróbio). Para secar uma pilha muito úmida é bom realizar um revoltamento do material, para umedecer se derrama água.

O tempo de maturação do composto é variável, dependendo do clima e do tipo de produto que você deseja obter.

Um composto de qualidade medíocre não pode ser facilmente utilizado: pode causar odores desagradáveis ??e causar custos adicionais significativos. Portanto é essencial que o processo de compostagem seja bem respeitado e seguido.

COMPOSTAGEM INDUSTRIAL

O curso sobre Gestão e Gerenciamento de Resíduos Sólidos oferecido pelo Portal Resíduos Sólidos é hoje referência no mercado, por ter o melhor conteúdo pelo melhor preço.Ao nível industrial a compostagem é utilizada para a transformação em adubo de resíduos orgânicos, tais por exemplo a fração úmida de resíduos sólidos urbanos (RSU).

A compostagem industrial permite um controle otimizado de condições de processo (umidade, oxigenação, temperatura, etc.) e a presença de possíveis contaminantes na matéria-prima (como resíduos de metais pesados ??e inertes vários) ou microrganismos patogênicos para a agricultura é eliminada, respectivamente, por tratamento de ulterior separação mecânica e tratamentos biológicos.

Outras biomassas compostáveis comumente usadas são representadas por lodos de esgoto e resíduos de manutenção de áreas verdes (composto verde).

O composto de qualidade obtido a partir da coleta diferenciada de material orgânico por processo industrial pode ser convenientemente usado na agricultura, utilizando um fertilizante natural e evitando assim o uso de fertilizantes químicos em campo aberto. O composto é também comumente usado para cobrir os aterro sanitário de resíduos e para a  recuperação agrícola.

A digestão anaeróbia também permite de obter biogás utilizável como combustível.

Usina de Compostagem Municipal da cidade de Bremen na Alemanha

Usina de Compostagem Municipal da cidade de Bremen na Alemanha

COMPOSTAGEM DOMÉSTICA

A compostagem doméstica é um procedimento usado para gerenciar por conta própria a fração orgânica presente nos resíduos sólidos urbanos produzidos no ambiente doméstico (de origem principalmente alimentar). Para praticar, é suficiente ter um jardim, também pequeno, uma horta ou  um terraço. Em alguns casos pode se utilizar um composter, um recipiente que pode favorecer a oxigenação e reter calor durante o inverno. Existem composters produzidos industrialmente, mas também construídos com materiais reciclados. Pode ser realizado também em uma pilha ou em um buraco no solo, mas com resultados e tempos diferentes.

O processo de decomposição é favorecido pela oxigenação, o revoltamento periódico do material mantém um nível suficiente de porosidade. O material obtido em 3/4 meses de compostagem (mais no inverno e menos no verão) pode ser usado como adubo para a horta ou o jardim

A difusão da compostagem doméstica permite de reduzir significativamente o peso e o volume de resíduos sólidos urbanos que devem ser transportados e eliminados.

Composter em Madeira

Composter em Madeira

Entenda o setor de Resíduos e saiba como aproveitar as melhores oportunidades fazendo o curso “Gestão e Gerenciamento de Resíduos Sólidos” do Portal.

#gliffydiagram(4624207,l)#

Gostaria de ver mais artigos como esse? Clique no botão +1 do Google logo abaixo.

Share this:
Tags:

About gleysson

gleysson

Sou especialista em transformar problemas ambientais em negócios sustentáveis. Formado em Dip. Ing. Verfahrenstechnik (Eng. Química) pela Universidade de Ciências Aplicadas de Frankfurt/M na Alemanha com especialização e experiência em Tecnologias para geração de Energia e Engenharia Ambiental. Larga experiência em Resíduos Sólidos com foco em Biodigestores Anaeróbios

  • LinkedIn
  • Email

Add Comment