fbpx
janeiro 23, 2015
||||| 0 |||||
245

Empresas em Curitiba precisam de empresas e profissionais qualificados em resíduos sólidos

Com a implantação da Política Nacional de Resíduos Sólidos cada vez mais efetiva em cidades brasileiras, empresas em Curitiba precisam de empresas e profissionais qualificados em resíduos sólidos.

De acordo com a legislação local, cada propriedade tem direito a descartar semanalmente a quantidade de 600 litros de resíduos recicláveis e mais 600 litros de resíduos orgânicos o equivalente a pouco mais de 85 litros diários. A partir da determinação por lei, prestadores de serviços, órgãos públicos e o comércio em geral da região central de Curitiba estão sendo fiscalizados e orientados em relação ao descarte de resíduos sólidos. Quem produzir uma quantidade superior, deverá obrigatoriamente contratar uma empresa devidamente regulamentada para a prestação dos serviços de coleta e transporte até um local onde se possa dar a destinação correta dos resíduos, de acordo com o seu tipo e quantidade.

Curso de Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos no Portal Residuos SolidosQuem for notificado tem um prazo de 15 dias para contratar uma empresa especializada na coleta e transporte de resíduos e 30 dias para apresentar o Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos – PGRS na Secretaria do Meio Ambiente da cidade.

Além disso, a Lei determina que os proprietários dos empreendimentos tenham seus devidos Planos de Gerenciamento de Resíduos Sólidos, demonstrando inclusive sua capacidade de gestão dos próprios resíduos.

“Há dois meses estamos fazendo este trabalho de maneira intensificada na região central e depois ele será estendido a outros setores da cidade”, explicou o chefe de seção da Limpeza Pública da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, Clóvis Bispo Ribeiro. “O trabalho surtiu efeito e hoje uma grande parte dos estabelecimentos está regularizada. Muitos que estavam irregulares estão se adequando”, disse. De acordo com Ribeiro, a implementação das medidas conta com o apoio maciço da população.

Pelo fato de ser um serviço prestado ao setor privado, a licitação é dispensável ou mesmo inexistente. Qualquer empresa devidamente habilitada poderá oferecer seus serviços de coleta e transporte de resíduos. Outras empresas deverão se habilitar e construir usinas de triagem e reciclagem, tudo de forma particular. Por ser uma exigência legal, parte das empresas podem contar inclusive com o apoio da gestão pública municipal que pode ser desde benefícios fiscais, financeiros ou físicos. Essa medida dá um impulso fundamental para o desenvolvimento do setor de resíduos na cidade.

Centro da metrópole Curitiba No Paraná (Foto: Wikipédia)

Centro da metrópole Curitiba No Paraná (Foto: Wikipédia)

Professor Amarildo Ferrari

Você aprenderá sobre A Política Nacional dos Resíduos Sólidos, Elaboração do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS), Acondicionamento e tipos de Resíduos, Tratamento e disposição final dos Resíduos, A logística reversa e a Situação dos resíduos sólidos no Brasil

 

Além disso, são necessários diversos profissionais para auxiliar a elaboração de Planos de Gerenciamento de Resíduos Sólidos para as empresas da cidade. Este profissional poderá criar um vínculo de prestação de serviços com as empresas contratantes. Se qualifique e atue no mercado fazendo o curso online de Elaboração de Planos de Gerenciamento de Resíduos Sólidos segundo a Política Nacional de Resíduos Sólidos brasileira.

Veja o vídeo abaixo e entenda melhor:

As leis e regulamentações podem ser conferidas abaixo:

Share this:
Tags:

About gleysson

gleysson

Sou especialista em transformar problemas ambientais em negócios sustentáveis. Formado em Dip. Ing. Verfahrenstechnik (Eng. Química) pela Universidade de Ciências Aplicadas de Frankfurt/M na Alemanha com especialização e experiência em Tecnologias para geração de Energia e Engenharia Ambiental. Larga experiência em Resíduos Sólidos com foco em Biodigestores Anaeróbios

  • LinkedIn
  • Email