fbpx
julho 15, 2013
0
||||| 0 |||||
462

Esgoto de Belém-PA contamina rio que abastece a cidade com água potável

A cidade de Belém do Pará está prestes a completar 400 anos de existência. Hoje com uma população de cerca de 1,2 milhões de habitantes, Belém é uma cidade de diversas atracões e uma cozinha fantástica. Apesar de ser chamada carinhosamente de coração da Amazônica, a cidade ainda lança seus resíduos de esgoto sanitário exatamente no mesmo Rio que a abastece com água potável, constituindo um sério perigo para a população da cidade.

A contaminação de rios brasileiros constitui um crime ambiental e deve ser devidamente apurado e denunciado.

A poluição dos rios é tao grande que pode ser facilmente detectada cia satélite e usando simples ferramentas de mapas na internet como o Google Maps como mostra o vídeo abaixo:

De acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos, todos os geradores de resíduos são responsáveis pelo seu tratamento. As empresas devem fazer seus próprios planos de gerenciamento de resíduos e evitar assim que estes alcancem a rede de esgoto da cidade. A gestão público por outro lado, é responsável pelo serviço público de tratamento de águas e pra isso recebe mensalmente milhões de reais do governo federal. Se as obras nunca foram feitas, resta saber o que é feito deste recurso obtido com o pagamento de impostos dos habitantes da cidade.

Além de reconhecer a responsabilidade das empresas e do poder público, é preciso também reconhecer o dever de todo cidadão de não aceitar simplesmente os erros administrativos e os absurdos impostos por aqueles que realmente podem fazer alguma coisa. É de se esperar de toda a população que não aceite esses absurdo em especial, os estudantes da área ambiental que por ter uma consciência ambiental mais desenvolvida, podem atuar como verdadeiros fiscais da natureza.

Ajude essa denúncia a chegar aos responsáveis clicando no botão +1 do Google logo abaixo.

Share this:
Tags:

About gleysson

gleysson

Sou especialista em transformar problemas ambientais em negócios sustentáveis. Formado em Dip. Ing. Verfahrenstechnik (Eng. Química) pela Universidade de Ciências Aplicadas de Frankfurt/M na Alemanha com especialização e experiência em Tecnologias para geração de Energia e Engenharia Ambiental. Larga experiência em Resíduos Sólidos com foco em Biodigestores Anaeróbios

  • LinkedIn
  • Email

Add Comment