fbpx

Gerenciamento de Resíduos de um Hotel

Como é feito o gerenciamento de resíduos de um hotel?

Como é feito o gerenciamento de resíduos de um hotel?

O que é plano de gerenciamento de resíduos sólidos? Como fazer um Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos de um hotel? Conheça as etapas necessárias.

Nas olimpíadas de 2016, os atletas se assustaram com a poluição da Baía de Guanabara no Rio de Janeiro. A água estava recebendo grandes quantidade de esgoto e vários tipos de resíduos. Os atletas navegadores poderiam contrair infecções se entrassem em contato com a água. Estima-se que 80% das águas brasileiras enfrentam esse problema. A gestão inadequada das atividades econômicas está entre as causas.

O gerenciamento de resíduos sólidos tem como objetivo minimizar os impactos causados pelo lixo. No Brasil, a Política Nacional de Resíduos Sólidos exige que estabelecimentos elaborem um Plano de  Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS). O PGRS é obrigatório no processo de licenciamento ambiental ou na obtenção de alvará de funcionamento. Esse documento comprova a capacidade técnica de dar uma destinação final ambientalmente adequada de resíduos sólidos.  Os responsáveis técnicos pela elaboração indicam as formas corretas de manejo, acondicionamento, tratamento e destinação final.

Como é feito o gerenciamento de Resíduos Sólidos na prática? Para ilustrar o texto foi utilizado um trabalho de conclusão de curso sobre Gerenciamento de Resíduos Sólidos de um hotel. Esse trabalho foi feito por Antônio Cláudio dos Santos em um hotel na cidade de Santos – SP.

Participe do melhor treinamento empresarial gratuito oferecido pelo Virapuru Training Center Lixo é Dinheiro

Treinamento Empresarial - Lixo é Dinheiro - 100% online e Gratuito

Quer aprofundar os seus conhecimentos e sair na frente no mercado de trabalho?O mercado de resíduos sólidos exige que você tenha conhecimentos aprofundados.  através do curso de elaboração de PLANOS DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS .   você estará preparado para todas as tarefas.

“Daqui a um ano, você vai desejar ter começado hoje.”

O que é plano de gerenciamento de resíduos sólidos?

O plano de gerenciamento de resíduos sólidos é um documento que comprova a capacidade de um estabelecimento gerenciar resíduos corretamente. Segundo a lei federal 12.305/2010, além dos hotéis, diversos empreendimentos necessitam da PGRS. São os geradores de resíduos da saúde, portos, agricultura, construção civil, indústria e saneamento básico.

Como fazer um Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos de um hotel?

O Gerenciamento de Resíduos Sólidos de  de um Hotel deve considerar o impacto de seus resíduos na região onde está. Esses resíduos são compostos por embalagens, orgânicos, restos de varrição, poda de galhos, grama, entulhos de reformas, metais e outros.

No trabalho abaixo, vamos ver um exemplo prático de um plano de gerenciamento de resíduos sólidos para um hotel.  o trabalho foi realizado na cidade de Santos em São Paulo.

Plano de gerenciamento de resíduos sólidos de um hotel em Santos/SP

A cidade de Santos possui 271 km2 de área. A população é estimada em 420.000 habitantes, podendo chegar em 1.500.000 na época de alta temporada. Possui a sexta colocação de IDH (índice de desenvolvimento humano), dentre os municípios brasileiros e tem o maior porto da América Latina.Em conformidade com a Política Nacional de Resíduos  Sólidos, cria sua legislação. O objetivo é dar uma ordenação adequada à coleta, transporte e destinação final dos resíduos. A meta é a redução da produção de resíduos e sua destinação ambientalmente correta.

O PGRS atende a Legislação Municipal segundo a Lei 952/16 e o Decreto 7800/17, estando em conformidade com a Política Nacional de Gerenciamento de Resíduos, Lei 12.305/10 e do Decreto 7404/10.Segundo a legislação Municipal, um PGRS é feito quando uma empresa produz 200 litros ou 120 quilos de resíduos diariamente. Empresas como essas são consideradas grandes geradoras de resíduos.  

O PGRS para hotéis dos centros das cidades possuem características na produção de resíduos diferentes de um hotel de turismo. Neste trabalho, foram diagnosticados e identificados os resíduos, verificando o seu acondicionamento e sua destinação. Em seguida foram sugeridas ações corretivas. Empresas de reciclagem cadastradas pela Prefeitura foram contratadas para dar a correta destinação final dos resíduos sólidos.

Objetivos

O Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos tem como objetivo geral reduzir a geração de resíduos nos Municípios. Os objetivos específicos especificam os passos que devem ser dados para concretizar o objetivo geral. Para elaborar o PGRS do hotel em Santos, foram estabelecidos os seguintes objetivos:

  1. Gerenciar e segregar os resíduos gerados pelo Hotel e acondicioná-los de forma adequada até sua captação e destinação final.
  2. Reduzir a formação do resíduos e encaminhar à empresas recicladoras e de catadores visando a geração de empregos e renda.
  3. Educar e conscientizar os funcionários do hotel sobre a importância de fazer a segregação e acondicionamento adequado dos resíduos, através de uma educação ambiental correta e simples.
  4. Reduzir o valor do IPTU, com a exclusão da taxa de remoção de resíduos, que hoje é de R$ 1.426,64 por ano.

Gravimetria

Gravimetria é um processo de análise e separação do lixo. Ela possibilita o potencial de reutilização e reciclagem. Conforme a Gravimetria feita nos resíduos do Hotel, foram encontrados os seguintes resultados:

  • Resíduos orgânicos: Responsáveis por 24,8 % de todo resíduo gerado no hotel;
  • Resíduos inertes: Responsáveis por 15,0 % de todo resíduo gerado no hotel;
  • Resíduos: Papel, papelão, plástico, latas de alumínio: geram aproximadamente 35% dos resíduos totais do hotel;
  • Embalagens de Metais (aço): responsável por 5,4%;
  • Óleo Vegetal: representam 8,3% dos resíduos gerados;

Lâmpadas fluorescentes e pilhas: A Lei nº 12.305, de 2 de agosto de 2010, institui que fabricantes, importadores, distribuidores de lâmpadas fluorescentes estruturem e implantem sistemas de logística reversa após o descarte.

Saiba o que é gravimetria.

Separação de papelões

Ações corretivas

Nessa etapa foram sugeridas ações corretivas com o objetivo de conscientizar os frequentadores do hotel. Após feita a análise do diagnóstico, dadas as seguintes sugestões:

  1. Banheiros: Uso de placas informando sobre os riscos de jogar objetos no vaso sanitário e manutenção da lixeira em local visível e de fácil acesso.
  2. Suítes e corredores: disposição de lixeiras de coleta múltipla de resíduos, visando a segregação no local de origem.
  3. Coleta: acondicionar os resíduos em sacos plásticos pretos e fazer a remoção até os coletores localizados no depósito.
  4. Cozinha: Deposição do óleo vegetal descartado em uma embalagem de plástico rígido azul para que seja levada à empresa coletora.
  5. Depósito: Instalação de extintores de água e PQS;  placas de proibido fumar naquele local, estabelecimento do controle de pragas.
  6. Separação de resíduos misturados por classificação e acondicionamento em contêineres conforme a norma do Conama.

A geração dos resíduos classificados segundo a NBR 10.004 e a Resolução do Conama nº 313/02, terão várias destinações finais, no âmbito de reciclagem, na Logística Reversa e no aterro sanitário.

A educação ambiental é um fator imprescindível ao gerenciamento adequado e sustentável dos resíduos. Deve servir como instrumento para promover a reflexão sobre o descarte correto de resíduos e à manutenção do meio Ambiente.A educação ambiental aplicada à gestão de resíduos deve influenciar mudanças de atitude, utilizando processos educacionais críticos, conscientizadores e contextualizados.

Resultados

O desafio do PGRS é cumprir a Legislação estabelecida pela PNRS. O empresário deve compreender a necessidade de  ter um plano para controlar redução de resíduos. A coleta seletiva deverá ser feita de forma adequada. Os resíduos devem ser acondicionados de forma correta para evitar riscos ambientais.O IPTU deve ser isento sobre a coleta de lixo possibilitando a geração de recursos.

Como profissional qualificado para elaborar a PGRS, o plano ideal deve garantir que os resíduos não cheguem ao aterro sanitário. Os materiais descartados devem ser 100% reaproveitados, seja na reciclagem ou na geração de energia.Nesse PGRS, conseguimos reduzir em 85% a quantidade de resíduos que tinham como destinação final o aterro sanitário.

As soluções estabelecidas não interferiram na logística da empresa, promoveram a segurança para os funcionários e adequaram a legislação vigente. Além disso, geraram economia para o proprietário e empregos e renda para a comunidade.

Todas essas ações irão sempre depender de uma educação ambiental coesa com a dinâmica da empresa, voltada à necessidade da reciclagem e obediência ao PGRS.

Por que implantar um plano de gerenciamento de resíduos sólidos?

O plano de gerenciamento de resíduos sólidos tem como objetivo o manejo correto dos resíduos sólidos. Além de ser uma exigência legal, ele é um indicador de gastos. Se os dados souberem ser interpretados, o empresário poderá aumentar os lucros. A elaboração do PGRS deverá ser feita por um profissional de nível técnico ou superior, habilitados no conselho de classe. A formação deve estar relacionada com a área de meio ambiente.

A qualificação profissional é essencial para impulsionar a carreira. Gostaria de saber mais e se tornar um profissional desejado? Aprenda a elaborar PLANOS DE GERENCIAMENTO DE RESÍDUOS SÓLIDOS  com os melhores profissionais, sem sair de casa!

Atualizado em 20/08/18 por Gabriela Lamendola, bacharel licenciada em Ciências Biológicas e pós graduada em Gestão Ambiental.   

Referências

PLANALTO LEI Nº 12305, DE 2 DE AGOSTO DE 2010. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2010/Lei/L12305.htm > Acesso em 20/08/18

REVISTA EXAME Poluição da Baía de Guanabara assusta atletas do Rio 2016 . Disponível em: <https://exame.abril.com.br/brasil/poluicao-da-baia-de-guanabara-assusta-especialistas-e-atletas-para-rio-2016/ > Acesso em 20/08/18

REVISTA BBC BRASIL Mais de 95% do lixo nas praias brasileiras é plástico, indica estudo. Disponível em:<https://www.bbc.com/portuguese/brasil-42779388 > Acesso em 20/08/2018

SENAI Plano de gerenciamento de resíduos sólidos- PGRS Disponível em: <http://www.meioambiente.pr.gov.br/arquivos/File/Cartilha.pdf > 20/08/18

 

Share this:
Tags:

About gleysson

gleysson

Sou especialista em transformar problemas ambientais em negócios sustentáveis. Formado em Dip. Ing. Verfahrenstechnik (Eng. Química) pela Universidade de Ciências Aplicadas de Frankfurt/M na Alemanha com especialização e experiência em Tecnologias para geração de Energia e Engenharia Ambiental. Larga experiência em Resíduos Sólidos com foco em Biodigestores Anaeróbios

  • LinkedIn
  • Email