fbpx
janeiro 30, 2017
||||| 0 |||||
666

Incentivos legais de Juazeiro do Norte-CE

Juazeiro do Norte possui uma população estimada, em 2016, de 268.248 habitantes (IBGE, 2016). Está a aproximadamente 490 km da capital, Fortaleza, no interior do estado. Seus municípios limítrofes são Barbalha, Caririaçu, Missão Velha e Crato. Esses, juntamente com  Farias Brito, Jardim e Nova Olinda, formam a Região Metropolitana do Cariri.

Essa região foi criada através da Lei Complementar nº 78, 26 de Junho de 2009 e possui o maior pólo calçadista do Nordeste.

Com a quinta maior economia do estado, Juazeiro possui grandes centros de artesanatos e cordel. Movimenta algumas das maiores romarias do país e é um dos maiores pólos acadêmicos do Nordeste.  A cidade é conhecida como “Cidade da Fé”, “Metrópole do Cariri”, “Juá” e “Terra do Padim Ciço”.

Curso de Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos no Portal Residuos Solidos

O município destina, através de uma empresa terceirizada, seus resíduos para um lixão. Esse foi transformado em um aterro controlado no ano de 2014/2015.

caminhos para o sucesso profissional, como agir para alcançar uma carreira de sucesso, sucesso na carreira frases, como alcançar o sucesso na vida, sucesso profissional definição, sucesso na carreira profissional frases, sucesso profissional redação, sucesso profissional conceito

Segredo revelado! Agora você pode saber como planejar sua carreira profissional no setor de resíduos sólidos. Vamos lá?

SITUAÇÃO ATUAL DOS RESÍDUOS DE JUAZEIRO DO NORTE-CE

Em julho de 2016 foi realizado um Diagnóstico dos Resíduos Sólidos do município. A Prefeitura, por intermédio da  Autarquia Municipal de Meio Ambiente – AMAJU, contratou a prática Projetos e Consultoria. E através de uma parceria com a EnviTeSB – Portal Resíduos Sólidos, acadêmicos da região foram capacitados para a atividade. Essa capacitação foi realizada através do curso disponível aqui no Portal “Diagnóstico dos Resíduos Sólidos – Gravimetria”.

Entrada do município de Juazeiro do Norte

 

Resultou-se que o município gera aproximadamente 255,8 toneladas/dia. Dessas, 35,98% da massa sendo resíduos orgânicos e 41,45% de Resíduos Recicláveis. Deve-se ser levado em consideração o cálculo da média de resíduos com destinação inadequada, que formam pontos de acúmulo pela cidade. Chegou-se a 22.957,20 toneladas, sendo desses 9,03% orgânicos e 89,51% de recicláveis. (Para uma leitura mais aprofundada, leia os artigos Negócios com Resíduos em Juazeiro do Norte – Parte I e Parte II.)

INCENTIVOS LEGAIS NO MUNICÍPIO DE JUAZEIRO DO NORTE -CE

LEGISLAÇÕES DE JUAZEIRO DO NORTE-CE

CRIAÇÃO DA AUTARQUIA DE MEIO AMBIENTE

Apesar de não haver ainda uma legislação mais específica para resíduos sólidos, há alguns incentivos legais que englobando a área. A  AMAJU tem responsabilidades diante disso de acordo com o Decreto n°662, de 29/11/12, em seu Capítulo I artigo 1° inciso XXII. Nele é citado que essa deve “executar uma política municipal de resíduos sólidos, incentivando a sua redução, o reaproveitamento e a reciclagem, inclusive monitorando os aterros sanitários existentes”.

POLÍTICA AMBIENTAL DO MUNICÍPIO

A Lei municipal n° 3.662, de 22/04/10, que institui a Política Ambiental, em seu Capítulo IV, seção IV, traz as condições em relação à coleta, ao transporte e à disposição final. Cita que essas devem ser realizadas de modo que não resultem em malefícios ou inconvenientes à saúde, ao bem-estar público ou ao meio ambiente.

CÓDIGO DE POSTURA E LEI ORGÂNICA

A Lei Complementar n° 10, de 19/05/06, institui o Código de Postura do Município. Em seu capítulo II, artigo 5° afirma “A limpeza dos logradouros e vias públicas e a coleta de lixo domiciliar são serviços de responsabilidade da Prefeitura[…]”. Na Lei Orgânica do município, de 1990,  essa afirmação já era citado. Além disso, já falava-se em seu artigo 4° inciso XV e reforçado no artigo 181°, parágrafo 7°, que o Poder Municipal tem o dever de implantar usinas de reciclagem de resíduos. No segundo artigo citado, refere-se-ia ainda que o Poder Público Municipal teria de viabilizar um aterro sanitário.

LEI PARA RESÍDUOS DA CONSTRUÇÃO CIVIL

A Lei municipal n° 3.689, de 28/05/10 “dispõe sobre o serviço de coleta de entulho, Institui o Sistema de Gestão Sustentável de RCC e o PGRSCC. Obedecendo a Resolução CONAMA n° 307 de 2002. A lei tem por objetivo manter o município limpo mediante coleta, transporte e destinação final dos resíduos. Meios citados em lei é a proibição de geração de entulhos, ocasionando em multas, apreensão de equipamentos. Pode-se gerar até mesmo a cassação do alvará de funcionamento, autorização, licença e outros documentos referentes à atividade. A lei também refere-se às empresas que promovem o serviço de coleta de entulhos mediante contrato com o particular. Essas devem seguir instruções específicas sobre a realização da coleta, como colocação das caçambas no alinhamento das ruas.

PMGIRS E PMSB

Hoje, a Autarquia está desenvolvendo novas gerências dentro da Diretoria de Monitoramento Ambiental, são elas a Gerência de Resíduos Sólidos, Coleta e Reciclagem e uma Gerência de operação e Destinação Final. O município só possui o Diagnóstico dos RS, como supracitado. Mas essas gerências têm por objetivo também, a criação e o desenvolvimento do Plano Municipal de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos – PMGIRS. Além do Plano Municipal de Saneamento Básico, já desenvolvido pela AMAJU e promulgado o Decreto n°219, de 28 de dezembro de 2015.

Para entender melhor sobre Planos de Gestão dos Resíduos Sólidos, assista o vídeo a seguir:

 

Share this:
Tags:

About Renata Leite

Renata Leite

  • Email