Lei dos Crimes Ambientais – Lei 9.605/1998

Lei dos Crimes Ambientais – Lei 9.605/1998, dispõe sobre as sanções penais e administrativas derivadas de condutas e atividades lesivas ao meio ambiente, e dá outras providências.

Essa lei é antecessora a Lei 12.305/10 – Politica Nacional de Resíduos Sólidos e tinha função parecida a PNRS, porém não tao abrangente. Sua preocupação maior é com os crimes ambientais.

Art. 2º Quem, de qualquer forma, concorre para a prática dos crimes previstos nesta Lei, incide nas penas a estes cominadas, na medida da sua culpabilidade, bem como o diretor, o administrador, o membro de conselho e de órgão técnico, o auditor, o gerente, o preposto ou mandatário de pessoa jurídica, que, sabendo da conduta criminosa de outrem, deixar de impedir a sua prática, quando podia agir para evitá-la.

Art. 3º As pessoas jurídicas serão responsabilizadas administrativa, civil e penalmente conforme o disposto nesta Lei, nos casos em que a infração seja cometida por decisão de seu representante legal ou contratual, ou de seu órgão colegiado, no interesse ou benefício da sua entidade

Parágrafo único. A responsabilidade das pessoas jurídicas não exclui a das pessoas físicas, autoras, co-autoras ou partícipes do mesmo fato.

Art. 4º Poderá ser desconsiderada a pessoa jurídica sempre que sua personalidade for obstáculo ao ressarcimento de prejuízos causados à qualidade do meio ambiente.

No vídeo abaixo, é possível entender mais sobre a Lei dos Crimes Ambientais.

Entenda o setor de Resíduos e saiba como aproveitar as melhores oportunidades fazendo o curso “Gestão e Gerenciamento de Resíduos Sólidos” do Portal.

Acesse o conteúdo completo da Lei clicando AQUI

Deixe um comentário

Não pare agora, continue lendo

Aspectos Ambientais
Gleysson B. Machado

Estudos Ambientais no Brasil

A Política Nacional do Meio Ambiente – PNMA enfatizou a necessidade de compatibilizar o desenvolvimento socioeconômico com a qualidade ambiental através de Estudos Ambientais no

veja Mais »