fbpx
maio 5, 2013
1
||||| 1 |||||
1677

Lista de resíduos ou produtos recicláveis

Você já deve ter se perguntado onde encontrar uma lista exata de resíduos recicláveis. Com certeza se você precisa dessa informação  deve ter feito uso da internet para chegar a sua tão preciosa lista e com certeza deve ter encontrado muitas listas com diferentes conteúdos.

Aí fica a questão, se essa lista é formada por produtos fixos, ou seja, se todos sabem quais são realmente os produtos recicláveis, porque as listas não são exatamente iguais?

Um grande problema em se listar os produtos recicláveis é o fato de se ficar subentendido que todos os outros produtos não são recicláveis, aí começa a confusão …

Produtos recicláveis são aqueles que após um tratamento podem ser utilizados como matéria prima na fabricação de novos produtos, fechando assim o ciclo de vida do produto. Todo e qualquer produto é passível de alguma forma de tratamento, e para ser reciclável, basta encontrar uma utilidade na fabricação de novos produtos para ele.

Sendo assim, um produto é reciclável quando existe uma forma tecnológica desenvolvida de tratamento e os produtos derivas desse tratamento encontram em outras áreas da produção uma utilidade.

Participe do melhor treinamento empresarial gratuito oferecido pelo Virapuru Training Center Lixo é Dinheiro

Treinamento Empresarial - Lixo é Dinheiro - 100% online e Gratuito

Em caso de inviabilidade econômica da tecnologia mas de necessidade urgente na resolução de um problema com resíduos, o gestor publico deve intervir fazendo uso do mecanismo de “Responsabilidade compartilhada” impondo taxas administrativas aos geradores deste resíduos e assim viabilizar o empreendimento de tratamento deste resíduos. Como a inviabilidade econômica de um empreendimento depende do mercado interno e externo, há de se fazer um estudo em forma de um Plano de Negócios para analisar formas de viabilização antes de entrar na esfera política.

No mundo inteiro, várias empresas se preocupam em desenvolver produtos a partir de resíduos sólidos. Um dos maiores exemplos nesse sentido no Brasil é encontrado no setor de reciclagem de latas de alumínio onde o Brasil recicla mais de 95% dos resíduos gerados no país.

Tornar um produto reciclável significa portanto desenvolver tecnologias de tratamento para os atuais resíduos sólidos onde isso ainda não existe.

A informação e o acesso a tecnologia também se caracterizam como fatores que contribuem na hora de definir que produtos são recicláveis ou não. Hoje em dia o fluxo de informação é muito mais dinâmico devido principalmente a internet, sendo assim, antes de falar se um determinado resíduo é reciclável ou não, você deve fazer uma intensa pesquisa na internet em busca de tecnologias de aproveitamento deste resíduo. Em uma outra situação, apesar de se conhecer determinadas tecnologias, devido a fatores geográficos, culturais ou econômicos não existe um acesso direto à elas por parte de uma determinada cidade. E nesse caso, o produto também poderia ser caracterizado como não reciclável. Imagine dois países em guerra e um desses países somente possui tecnologia de tratamento de resíduos sólidos de fotografias. A intolerância entre os mesmo não permite que um país tenha acesso a tecnologia de tratamento do outro.

Ainda assim, são inúmeras as instituições que fazem listas de produtos recicláveis e não recicláveis, mas para quem entendeu o conceito, essa pergunta não tem fundamento.

Obs: Considerando que é a decisão do usuário final que transforma um produto reciclável em resíduos reciclável no momento em que resolve descartar o mesmo, usamos neste artigo os dois termos (produtos e resíduos) para se referir ao mesmo objeto.

Share this:
Tags:

About gleysson

gleysson

Sou especialista em transformar problemas ambientais em negócios sustentáveis. Formado em Dip. Ing. Verfahrenstechnik (Eng. Química) pela Universidade de Ciências Aplicadas de Frankfurt/M na Alemanha com especialização e experiência em Tecnologias para geração de Energia e Engenharia Ambiental. Larga experiência em Resíduos Sólidos com foco em Biodigestores Anaeróbios

  • LinkedIn
  • Email

1 Comments

  • Priscila Fonseca
    2013-05-26 23:35

    ISSO É VERDADE, NUMA VISÃO MAIS MICRO, PERCEBO ISSO COM AS COOPERATIVAS QUE NÃO RECEBEM CERTOS PRODUTOS POR NÃO TER A QUEM VENDER.

Add Comment