outubro 9, 2015
||||| 0 |||||
347

Modelos de Negócio com usina de reciclagem móvel de entulhos

O sucesso de qualquer empreendimento está diretamente ligado ao planejamento que é feito antes de se fazer qualquer investimento. Em um mercado competitivo como o da Alemanha, o sucesso na reciclagem de resíduos sólidos da construção civil está intimamente ligado aos Modelos de Negócio com usina de reciclagem móvel de entulhos.

A primeira grande vantagem de se ter uma usina móvel em comparação com uma usina fixa é que não é necessário investir na fundamentação do terreno onde a usina irá funcionar. A próxima vantagem é a quantidade de funcionários, uma usina móvel normalmente pode trabalhar com um funcionário.

Aprenda a ter um negócio de sucesso com resíduos no Portal Resíduos SólidosPara entender melhor os conceitos de negócios com usinas móveis é importante desvincular o maquinário necessário à reciclagem (usina) do endereço físico do empreendimento (recicladora), ou seja, uma usina móvel pode atuar em uma ou mais recicladoras e pertencer ou não ao dono da recicladora. Para isso, é importante entender que um Recicladora tem como tarefa, a recepção e processamento de resíduos e venda de produtos reciclados. Não há uma exigência que o maquinário do processamento esteja instalado de forma constante no endereço da Recicladora.

Os modelos de negócio apresentados a seguir podem ser praticados de maneira isolada, como processo evolutivo ou mesmo de forma paralela. Se você pretende investir no setor de reciclagem de resíduos da construção civil é muito importante aumentar suas chances de lucro com modelos inovadores.

Modelo 01: Usina Móvel com uso permanente na Recicladora de RCC

Este modelo é muito semelhante ao que se pratica na maioria das recicladoras. As máquinas que compõem a usina mantêm o uso permanente dentro da área da recicladora. Neste caso, normalmente o dono da usina móvel também é o dono da Recicladora de RCC.

Vídeo Aulas com conteúdo exclusivo. Faça sua assinatura agora mesmo.

Os motivos que levam o empreendedor a manter uma usina móvel permanente na recicladora podem ser por exemplo a grande quantidade de material a ser processado ou mesmo a falta de opções no mercado regional.

Apesar da semelhança, uma usina móvel ocuparia muito menos espaço da recicladora do que uma usina fixa.

No vídeo abaixo é possível visualizar uma usina móvel composta por britadeira de impacto e peneira rotatória sendo alimentada por duas escavadeiras hidráulicas.

Em se tratando de negócios, a fonte de renda deste modelo é somente a venda direta dos produtos reciclados. Para viabilizar este modelo de negócio é necessário ter uma entrada de recursos tal que consiga pagar o investimento na usina, os insumos e recursos humanos, manutenções periódicas e claro, gerar lucro. Os fatores que vão decidir a lucratividade são portanto os produtos fabricados e os preços praticados no mercado para esses produtos.

Modelo 02: Usina Móvel com uso temporário em diferentes Recicladoras de RCC

Neste modelo parte-se do princípio que a Usina Móvel não precisará ser utilizada em tempo integral pela recicladora, sobrando tempo para que possa ser alugada para outras recicladoras de RCC, empresas fabricantes de pedras e britas ou mesmo para empresas que fazem demolições de obras.

No vídeo abaixo é possível ver uma usina de reciclagem móvel em ação alugada por uma empresa para uma obra de demolição de uma casa na cidade de Hannover na Alemanha.

Esse modelo de negócio pode ser uma expansão do modelo anterior em que o empreendedor passa a alugar sua usina móvel nos dias em que não precisa dela.

A entrada de recursos deste modelo se dá não somente com a venda de produtos reciclados, como também com o aluguel da usina móvel.

Modelo 03: Várias recicladoras e uma Usina Móvel

Este modelo de negócio é ideal para regiões metropolitanas ou aglomerados de cidades, onde o empreendedor tem uma recicladora em cada cidade e compartilha a mesma usina móvel para processar os resíduos, pedras e rochas de todas elas.

Cada Recicladora tem um espaço reservado para acumular os resíduos que chegam diariamente e somente quando estes alcançam um determinado volume a usina móvel é enviada para o local para processar os resíduos. Terminado o processamento, a usina móvel segue para a próxima recicladora. Muito utilizado em países desenvolvidos, este modelo de negócio se caracteriza principalmente por aumentar significativamente o volume de receitas já que são várias recicladoras gerando receitas e compartilhado o investimento na própria usina móvel.

A Britadeira Móvel de Mandíbula BMD RA 700/6 com capacidade de processamento de até 80 toneladas por hora, motor à diesel e alta durabilidade e é o modelo ideal para estes modelos de negócio. Se você quer investir ou expandir seu empreendimento, entre em contato através do email [email protected] informando a cidade em que deseja ter a britadeira para receber um orçamento personalizado.

Entenda melhor todo o conceito de negócios assistindo ao vídeo abaixo:

Apesar de oferecer grandes oportunidades, o setor de reciclagem de resíduos sólidos da construção civil tem um tamanho limitado e normalmente os que primeiro investem, costumam dominar todo o mercado regional. Se você pretende investir, seja rápido!

 

Como aprofundar o conhecimento em Resíduos Sólidos?

Você é um entusiasta das questões ambientais e se orgulharia se o seu trabalho gerasse emprego e renda. Além disso, seria muito bom se fosse uma atividade lucrativa. Não tenha dúvidas. A Área de resíduos é a área onde você pode explorar o seu potencial e defender uma boa causa. Para atuar no setor de resíduos você precisa ter conhecimento de causa. A Área VIP do Portal Resíduos Sólidos oferece conteúdo de altíssima qualidade de forma exclusiva e a baixíssimo custo. É hoje a forma mais barata de chegar ao conhecimento técnico de profissionais consolidados. Você é o seu maior projeto na vida. Invista no seu autodesenvolvimento.  
Share this:
Tags:

About gleysson

gleysson

Sou especialista em transformar problemas ambientais em negócios sustentáveis. Formado em Dip. Ing. Verfahrenstechnik (Eng. Química) pela Universidade de Ciências Aplicadas de Frankfurt/M na Alemanha com especialização e experiência em Tecnologias para geração de Energia e Engenharia Ambiental. Larga experiência em Resíduos Sólidos com foco em Biodigestores Anaeróbios

  • LinkedIn
  • Email