OS 5 PILARES DO GERENCIAMENTO INTERNACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS

Gerenciamento de Resíduos Sólidos. Os pilares do gerenciamento internacional de resíduos sólidos são a redução, a reutilização e a reciclagem. Ao priorizar a prevenção da geração de resíduos, a reutilização de materiais e a recuperação de recursos, busca-se promover a sustentabilidade ambiental e a economia circular em todo o mundo.

COMPARTILHE

Gerenciamento Internacional de Resíduos Sólidos. Para muitos profissionais é muito complicado trabalhar com o gerenciamento de resíduos sólidos. Em países como o Brasil, as principais soluções de destinação ambientalmente adequada de resíduos não existem. Ao contrário disso, as soluções como lixão à céu aberto são muitas. As cidades sofrem com a falta de gestão de resíduos. Lixo nas ruas, rios poluídos, poluição ambiental de todas as formas e maneiras. Com tantos problemas e ausência de soluções fica difícil para um profissional de gerenciamento dar destinação adequada para os resíduos. 

Por outro lado, em países de 1° mundo, é bem simples apontar soluções adequadas para os problemas do lixo. Após fazer classificação, fica bem mais claro para onde os resíduos devem ser destinados. As usinas brigam entre si para conseguir cada vez mais material, pois vivem do processamento destes. São muitas usinas de triagem automatizadas, usinas de reciclagem para os mais diversos resíduos. O maior destaque fica por conta do tratamento de resíduos orgânicos através de usinas de compostagem e biogás. 

Assim como os países em desenvolvimento, todos os países desenvolvidos passaram pelas mesmas etapas para resolver seus problemas. Todos já tiveram lixões a céu aberto. Assim, já tiveram o aterro sanitário como única solução. Logo, acreditavam que a incineração dos resíduos seria uma solução eficaz. Mas todos hoje concordam que é uma loucura importar matéria prima, fabricar produtos e depois enterrá-los como lixo. A incineração também deixou de ser uma opção viável depois que transformaram recicláveis em matéria prima  para indústrias. A grande questão é: Como estes países conseguiram resolver seus problemas com resíduos e criaram uma indústria ambiental bilionária.

Especializar-se em gerenciamento de resíduos sólidos com uma visão internacional amplia horizontes profissionais. Com as questões ambientais sendo cada vez mais globais, profissionais com expertise internacional podem oferecer soluções inovadoras e alinhadas com as melhores práticas internacionais, abrindo portas para oportunidades em diversos países e organizações.
A especialização em gerenciamento de resíduos sólidos com uma visão internacional é essencial para enfrentar desafios globais. As questões ambientais não conhecem fronteiras, e profissionais capacitados para lidar com cenários diversos são valorizados em empresas multinacionais, governos e organizações internacionais. A expertise global abre portas para carreiras promissoras e impacto positivo no meio ambiente.

O que é o gerenciamento internacional de resíduos sólidos? 

O trabalho do profissional em gerenciamento de resíduos consiste em classificar e destinar  produtos descartados. Para trabalhar a classificação é necessário observar normas que regulam cada região. Dessa forma,  a destinação deve seguir critérios da legislação para ser classificada como ambientalmente adequada. O que vai mudar no cenário internacional é como se entende sobre classificação e destinação de resíduos.

O gerenciamento internacional de resíduos sólidos busca promover uma economia circular, em que os materiais são utilizados de forma mais eficiente, reduzindo a pressão sobre os recursos naturais e minimizando os impactos ambientais. Os pilares são fundamentais para alcançar um futuro mais sustentável e preservar o meio ambiente para as gerações futuras.
Os pilares do gerenciamento internacional de resíduos sólidos incluem a prevenção, com ênfase na redução da geração de resíduos; a reciclagem e a reutilização, visando o aproveitamento dos recursos; e a destinação adequada, garantindo o tratamento e disposição final responsável dos resíduos. (Foto: Gleysson B Machado em visita à uma usina de reciclagem de óleo de frituras no Rio Grande do Sul)

Na Europa, a classificação dos resíduos é pela lista europeia dos resíduos. A LER, foi criada pela Comissão Europeia e publicada pela decisão 2014/955/UE. Já a destinação deve seguir regras da DIRECTIVA 2008/98/CE do parlamento europeu.

No Brasil a classificação indicada pelos municípios é da NBR 10004/2004, criada pela Associação Brasileira de Normas Técnicas. A ordem de preferencia na gestão e no gerenciamento de resíduos é feita pela  lei federal 12305/2010. A destinação deve seguir os critérios da não geração, redução, reutilização, reciclagem e disposição final adequada dos rejeitos.

Como prestador de serviços amador, você terá dificuldades de destinar resíduos quando não houverem soluções técnicas implementadas. Como Profissional Internacional você lucra para criar soluções. “Gleysson B Machado

Seguindo exemplo europeu, o Brasil e outros países estão em fase de criação de suas normas e regulamentações. As chances de trabalho para quem se especializa em gestão internacional de resíduos tendem ao infinito. Pois todos os países do mundo precisam destinar seus resíduos conforme lei. Quem não possui legislação precisa criá-la, para conseguir destinar seus resíduos de forma adequada.

Portanto, o profissional precisa ser capaz de classificar e destinar resíduos conforme regulamentação local.

Quais os 5 pilares do gerenciamento internacional de resíduos sólidos?

Como visto,  é e simples destinar resíduos em uma região que possui soluções adequadas para tal.  Muitos países da Europa são referência em técnicas para reciclar e reaproveitar materiais. Porém, ainda hoje nem todos esses países já possuem soluções na prática. No Brasil existe a regulamentação Federal, mas na esfera estadual e municipal ainda estão em desenvolvimento. Além disso, no Brasil ainda há uma demanda alta por usinas que processem resíduos. Fica a pergunta, como um profissional de gerenciamento de resíduos deve trabalhar em países com falta de soluções implementadas?

Os pilares do gerenciamento internacional de resíduos sólidos são a redução, a reutilização e a reciclagem. A prevenção da geração de resíduos é essencial, seguida pela reutilização de materiais sempre que possível. A reciclagem é uma estratégia global que contribui para a preservação do meio ambiente.
A reciclagem de óleo de fritura é uma prática universal, promovendo a transformação desse resíduo em biodiesel ou sabão, por exemplo. É uma alternativa sustentável e eficiente para lidar com esse tipo de resíduo em diferentes países. (Foto: Gleysson B Machado verificando a qualidade da tecnologia de reciclagem de óleo de frituras)

E é nesse ponto que vamos diferenciar os profissionais de fato dos amadores. A grande vantagem de ter uma visão internacional é conhecer as regulamentações e soluções de países de 1° mundo.  A partir disso é possível adaptar essas soluções para os outros países. Dessa forma, enquanto os amadores só veem o difícil,  os profissionais ganham dinheiro e fama com negócios lucrativos. Ao desenvolver uma visão para empreender, o profissional consegue criar soluções em mercados que ainda não sabem o que fazer. Abaixo listamos as principais áreas para empreender no setor de resíduos sólidos.

  • Gerenciamento de resíduos sólidos 

As etapas do gerenciamento de resíduos são cinco. O diagnóstico, o plano de ações, o programa de educação ambiental,  o monitoramento e a revisão de todo gerenciamento. Isso vale para toda região do mundo. Você pode oferecer serviços e assumir terceirizar gerenciamento de resíduos em empresas. Da mesma forma, você pode oferecer serviço para elaborar planos de gerenciamento de resíduos sólidos

Existe uma certa confusão na cabeça de muitos profissionais da área ambiental nesse sentido. A maior parte acredita que o gerenciamento de resíduos se resume à elaboração do PGRS. Mas na verdade, este não passa de um documento do gerenciamento de fato.  Ou seja,  uma empresa contrata você para mostrar como se faz o gerenciamento de resíduos de forma correta. Após finalizar os estudos,  você entrega à empresa um sistema de como isso pode ocorrer. Essa entrega acontece na forma do plano de gerenciamento de resíduos sólidos

Você alcançará o sucesso profissional na área de resíduos quando for capaz de dar soluções com viabilidade técnica e econômica conforme legislação local. “Gleysson B Machado”

Assim é possível uma empresa terceirizada fazer o gerenciamento de resíduos de uma outra empresa.  Ao final de um ano, o PGRS deve ser atualizado. 

DESAFIO EMPREENDEDOR: Qual a importância da gravimetria dos resíduos de todas as empresas a quem se oferece o serviço de gerenciamento de resíduos sólidos? Responda na nossa página no facebook

Gerenciamento Internacional de Resíduos Sólidos. Área de trabalho de um atravessador de material reciclável. Sua grande dificuldade é conseguir material de qualidade e na quantidade que precisa. (Foto Gleysson B Machado)
  • Comércio de Recicláveis

O Comércio de Recicláveis é a forma mais simples de empreender em todo o mercado de resíduos sólidos. A compra e venda de materiais recicláveis funciona na mesma lógica do Comércio tradicional. De maneira geral, você precisa comprar materiais,  colocar a sua margem de lucro e depois vender.  Para isso você precisa encontrar quem forneça e quem compre.

Porém, o comércio de recicláveis, mais conhecido como comércio de sucatas, funciona com a lógica inversa do mercado comum. Neste, você tem fornecedores com alta quantidade de material.  Seu principal trabalho é, portanto, encontrar uma grande quantidade de compradores. No mercado de recicláveis essa lógica é invertida.  Ou seja,  seus clientes compram toda a quantidade que você puder fornecer. Seu desafio aqui é encontrar fornecedores com qualidade e quantidade de materiais. 

A forma mais fácil de conseguir materiais com qualidade e quantidade é através do gerenciamento de resíduos de outras empresas. Você pode receber parte dos seus pagamentos  pelo gerenciamento na forma de materiais recicláveis. A grande vantagem para as empresas clientes é ter um gerenciamento de qualidade sem precisar gastar tanto dinheiro. Quanto mais empresas você  trabalhar com gerenciamento, mais fornecedores você terá de materiais recicláveis.

  • Corretagem Ambiental

A corretagem ambiental consiste na prática de vender os resíduos de outras empresas em troca de comissão. Assim como a corretagem de imóveis,  o corretor ganha para vender aquilo que não lhe pertence. Essa atividade ainda não é tão comum nos países de língua portuguesa. Sendo assim, é uma área sem tanta concorrência.

Para os profissionais que não possuem capital para comprar recicláveis e iniciar no comércio de materiais,  essa é a solução ideal. Ao prestar o serviço de gerenciamento de resíduos de grandes geradores, você pode encontrar uma forma lucrativa de destinar resíduos. Dessa maneira poderá lucrar com o aumento de receita de seus clientes.

mercado
O profissional com visão internacional conhece soluções que deram certo em outros países. Neste caso, ele sempre poderá apontar um caminho para destinar seus resíduos ou criar soluções de destinação. Esse profissional tem oferta de trabalho em qualquer mercado
  • Serviços especializados

O profissional internacional em gerenciamento de resíduos pode oferecer vários serviços para diversos clientes. Por ser um profissional de ação,  você pode  lucrar oferecendo muitas soluções para o mercado de resíduos sólidos. Entre os principais vale citar:

  • Consultoria empresarial para usinas de Triagem de resíduos ou para cooperativas e associações de catadores de material reciclável ou reutilizável;
  • Assessoria para políticos na criação, edição e manutenção de legislação voltada para o setor de resíduos sólidos;
  • Consultoria para implementação de acordos setoriais economicamente viáveis. Como por exemplo o Pfandsystem da Alemanha;
  • Assessoria para gestores públicos na implementação do plano Municipal de gestão integrada de resíduos sólidos;
  • Consultoria  para empresários de usinas de reciclagem visando melhorar seus processos ou aumentar suas receitas;
  • Consultoria para empresários de usinas de compostagem e biogás;
  • Entre outras.

Por trabalhar de forma direta com os grandes geradores, você também poderá fornecer materiais recicláveis para usinas. As chances de ingresso no mercado para um profissional de nível internacional são realmente grandes,  da mesma forma incríveis.

  • Agente de Negócios Sustentáveis

Talvez aqui seja o mercado onde um profissional internacional mais pode se destacar.  Trabalhar com gerenciamento de resíduos exige que você consiga dar destinação para todos os resíduos de seus clientes. Conforme vimos anteriormente, essa destinação precisa ser ambientalmente adequada,  ou seja,  deve obedecer a regulamentação do mercado alvo. Da mesma forma Vimos que nem sempre existiram soluções técnicas para esses resíduos. Prestadores de serviço de nível amador irão comunicar que não existem soluções para os problemas. Já os profissionais de livro internacional irão lucrar bastante com a criação das soluções.

Usina de Reciclagem de Entulhos na Alemanha. Um excelente negócio bastante explorado em países desenvolvidos. As oportunidades deste mercado ainda esperam por profissionais que conseguem viabilizá-lo.

Quando você cruza os dados da gravimetria dos resíduos de uma região com o mapeamento do mercado,  algo extraordinário acontece. Ao identificar algumas soluções ainda inexistentes,  o profissional internacional começa um estudo de viabilidade técnica e econômica. O resultado desse trabalho é um plano de negócios para uma solução como por exemplo uma usina de reciclagem. Neste plano de negócio constam todas as informações necessárias para o sucesso do negócio. São dados concretos sobre fornecedores,  clientes,  processos,  orçamentos, …  documentados e prontos para vender. 

Conforme você enxerga mais negócios, seus problemas financeiros irão acabando. “Gleysson B Machado”

Agora imagine por quanto você venderia um plano de negócios de um empreendimento de $10 milhões com retorno de 2 anos. Negócios como estes são muito comuns no mercado de resíduos sólidos.

Qual é o diferencial de um profissional internacional? 

Um profissional com visão local tem enormes dificuldades para destinar seus resíduos quando não existem soluções implementadas. Esse profissional pode se especializar na classificação dos resíduos, mas não terá sucesso se o mercado local não for desenvolvido. Normalmente este tipo de profissional busca um emprego em alguma empresa. Muitas vezes se sujeita a um baixo salário para começar. O único serviço que conseguem oferecer é a elaboração de planos de gerenciamento de resíduos sólidos. Devido à grande concorrência,  este tipo de serviço não costuma remunerar bem.

Em contrapartida, o profissional com visão internacional conhece soluções que deram certo em outros países. Neste caso, ele sempre poderá apontar um caminho para destinar seus resíduos ou criar soluções de destinação. Por ter uma visão empreendedora esse tipo de profissional é muito desejado pela maioria dos empresários.  Uma característica interessante desse profissional é que normalmente ele não busca emprego. Na grande maioria das vezes possui sua própria empresa e emprega outras pessoas para fazer trabalhos mais simples. 

Quais os mercados de atuação?

Enquanto o profissional local trabalha somente na sua região, o Internacional pode trabalhar em qualquer lugar do mundo.  isso acontece porque toda atividade humana gera resíduos.  Portanto, onde existem seres humanos existe também a geração de resíduos. Da mesma forma Onde existe geração de resíduos,  existe a demanda por profissionais que conseguem destiná-lo da maneira correta.

Quando o profissional internacional em gerenciamento de resíduos consegue trabalhar através da internet,  potencializa ainda mais suas receitas. 

Onde você gostaria de trabalhar se fosse um profissional internacional em gerenciamento de resíduos sólidos e falasse inglês?

Clique no vídeo abaixo para conhecer mais oportunidades dessa área.

Gostaria de se especializar em gerenciamento de resíduos sólidos sem precisar fazer faculdade?

A especialização em gerenciamento de resíduos sólidos não exige necessariamente uma faculdade tradicional. O curso Profissional Internacional em Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PIGRS) da Virapuru Training Center é uma opção ideal para se capacitar nessa área sem a necessidade de uma graduação extensa.

O PIGRS oferece uma formação completa e abrangente, abordando todas as competências técnicas e práticas necessárias para trabalhar no gerenciamento de resíduos sólidos. Com conteúdos atualizados, ministrados por especialistas renomados, o curso proporciona uma visão global e atualizada do setor.

Ao optar pelo PIGRS, você poderá adquirir o conhecimento necessário para trabalhar com gerenciamento de resíduos sólidos de forma rápida e eficiente, sem perder tempo em uma graduação. Além disso, a flexibilidade do curso permite que você estude no seu próprio ritmo, conciliando com outras atividades profissionais ou acadêmicas.

A especialização através do PIGRS abrirá portas para oportunidades de carreira no mercado de resíduos sólidos, seja atuando em empresas privadas, órgãos públicos ou empreendendo na área. Dessa forma, você poderá se destacar nesse segmento tão importante para a preservação do meio ambiente e contribuir para um futuro mais sustentável.

Portanto, se você deseja se especializar em gerenciamento de resíduos sólidos sem precisar fazer uma faculdade tradicional, o PIGRS é a opção ideal para alcançar seus objetivos profissionais de forma rápida, eficiente e focada nas necessidades do mercado.

Descubra o mundo da gestão de resíduos com a VirapuruFlix! Acesse cursos e mentorias exclusivos sobre reciclagem, tratamento de resíduos e sustentabilidade. Ideal para empresários e ambientalistas que buscam inovar e liderar no mercado verde.
Amplie seu conhecimento em resíduos sólidos com a VirapuruFlix. Com conteúdo técnico avançado, é perfeito para acadêmicos e profissionais do setor ambiental. Assine e mantenha-se atualizado com as melhores práticas e tecnologias!
Gleysson B. Machado

Gleysson B. Machado

Sou especialista em transformar problemas ambientais em negócios sustentáveis. Formado em Dip. Ing. Verfahrenstechnik (Eng. Química) pela Universidade de Ciências Aplicadas de Frankfurt/M na Alemanha com especialização e experiência em Tecnologias para geração de Energia e Engenharia Ambiental. Larga experiência em Resíduos Sólidos com foco em Biodigestores Anaeróbios
Agora é a sua vez. Você acha que consegue contribuir com o conteúdo acima? Deixe seu comentário!

NOSSOS CURSOS

LEIA TAMBÉM

Aspectos Ambientais
Gleysson B. Machado

EFEITO ESTUFA NATURAL – O QUE É E COMO FUNCIONA

O que é Efeito Estufa? O que é o efeito estufa natural e como ele funciona? Quais os gases de efeito estufa? Por que o efeito estufa natural é importante para a vida na terra? Como as ações do homem estão afetando o efeito estufa natural? Quais as consequências para a biodiversidade e vida humana na terra com alterações no efeito estufa? O que pode acontecer caso as mudanças se tornem irreversíveis?

veja Mais »
Biodigestor Indiano. A suinocultura é a criação de suínos para produção de carne e outros produtos derivados. É uma atividade importante na indústria agropecuária, fornecendo alimentos e matéria-prima para diversos setores. A suinocultura requer cuidados com a saúde e bem-estar dos animais, além de práticas sustentáveis de manejo e gestão de resíduos.
Indústrias do orgânicos
Gleysson B. Machado

BIODIGESTOR PARA DEJETOS SUÍNOS E RESÍDUOS DE SILAGEM DE MILHO NA ALEMANHA

O que é suinocultura? Quais os principais problemas da suinocultura? Como um biodigestor para dejetos suínos pode tornar a suinocultura sustentável? Como funciona um biodigestor para dejetos suínos na Alemanha? Como ganhar dinheiro com biodigestor para dejetos suínos? Como obter ajuda para montar um biodigestor para dejetos suínos? Exemplo do funcionamento de um biodigestor em vídeo

veja Mais »