fbpx
agosto 1, 2013
2
||||| 0 |||||
742

Projeto Cataforte 3 – R$ 200 milhões para as associações ou cooperativas de catadores

Veja a transformação de catadores em empresários.

Como conseguir recursos através do Projeto Cataforte 3 – R$ 200 milhões para as associações ou cooperativas de catadores?

Antes de tudo, é preciso esclarecer que a profissão de catador de material reciclável é tão digna como qualquer outra. No entanto traz consigo um apelo para a área social, um olhar mais humano por parte das pessoas. Pois na maioria das vezes uma pessoa se torna catador por falta de capacitação e/ou falta de oportunidades. Bem como segue os exemplos da família, quando o pai é catador o filho provavelmente seguirá o mesmo caminho. Agora pare e reflita…Quantos talentos estão em estado de dormência em meio aos catadores? É muito difícil ter esse “feeling” e perceber um diamante que precisa ser lapidado.

O papel do corretor(a) ambiental ou gestor(a) de uma cooperativa de catadores é tornar o empreendimento economicamente sustentável. Para assim caminhar com suas próprias pernas e proporcionar aos catadores melhores condições de trabalho e maior qualidade de vida. O segredo consiste em mapear o mercado de resíduos sólidos em conjunto com o estudo gravimétrico da região. Dessa forma é possível entender como funciona a geração dos resíduos sólidos e, principalmente, como ter acesso a essa fonte.

“Ações como essa transformam catadores em empresários” André Luís Ferreira

Ao mapear o mercado e identificar quais são os seus resíduos é como estar anos-luz à frente da concorrência. Sob a perspectiva das cooperativas de catadores esse é o verdadeiro mapa do tesouro. Descubra através do DIAGNÓSTICO DE RESÍDUOS SÓLIDOS – GRAVIMETRIA como elevar a sua cooperativa a um patamar nunca visto antes.

Seu futuro depende do seu preparo. Tome a decisão que vai mudar a sua vida assim como mudou a dos nossos alunos. Matriculas abertas somente até o dia 06/05/2019!

O que é o Projeto Cataforte 3?

O Governo Federal lança o Projeto Cataforte 3. O qual destina até R$ 200 milhões para as associações e catadores de material reciclável ou reutilizável. Parte destes recursos se destinam a capacitação técnica dos catadores.

Veja o texto publicado pelo site do Governo:

“O governo brasileiro lançou, nesta quarta-feira (31), a terceira fase do Programa Cataforte – Negócios Sustentáveis em Redes Solidárias. Dessa forma, a ação prevê investimentos de R$ 200 milhões em empreendimentos de catadores de materiais recicláveis. Possibilitando assim a inserção de cooperativas no mercado da reciclagem e na cadeia de resíduos sólidos.

Com o Programa, serão realizadas ações de assistência técnica, capacitação de catadores e lideranças. Bem como o apoio à elaboração de planos de negócios, ampliação e nivelamento da infraestrutura das cooperativas.

O projeto prevê possibilidades de acesso a produtos bancários, como capital de giro, a serem disponibilizados pelo Banco do Brasil. Como também acesso ao Cartão BNDES, ao Microcrédito Produtivo Orientado (MPO), ao Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV) e ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

O Cataforte também destinará recursos para a estruturação de cooperativas e associações. Possibilitando dessa forma que estes empreendimentos solidários se tornem aptos a prestar diversos tipos de serviços. Como o de coleta seletiva para prefeituras, participar no mercado de logística reversa e realizar a comercialização de produtos recicláveis. Nesta terceira etapa do Cataforte, pretende-se alcançar 35 redes, 250 empreendimentos solidários e mais de 10 mil catadores.

São 59 páginas bastante ilustradas e com links para alguns vídeos exclusivos. O conteúdo do eBook abrange A biodigestão anaeróbia, Fatores que influem na produção de biogás, As fases da biodigestão anaeróbia com informações detalhadas sobre a Hidrólise, Acidogênese, Acetogênese, Metanogênese e Sulfatogênese.

Durante a cerimônia de lançamento, também foi assinada a portaria que institui o Comitê Estratégico do Cataforte, que é formado por representantes da Secretaria Geral da Presidência da República, Ministério do Trabalho, Ministério do Meio Ambiente, Fundação Banco do Brasil, Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Petrobras e Banco do Brasil.”

Abaixo, o vídeo com a notícia completa:


O texto completo você pode acessar no site de notícias do Governo Federal

Palavras chaves

cataforte 2018; cataforte – negócios sustentáveis em redes solidárias; programa cataforte; projeto cataforte 2017; programa cataforte 2017; projeto cataforte banco do brasil; edital cataforte.

Share this:
Tags:

About Gleysson B. Machado

Gleysson B. Machado

Sou especialista em transformar problemas ambientais em negócios sustentáveis. Formado em Dip. Ing. Verfahrenstechnik (Eng. Química) pela Universidade de Ciências Aplicadas de Frankfurt/M na Alemanha com especialização e experiência em Tecnologias para geração de Energia e Engenharia Ambiental. Larga experiência em Resíduos Sólidos com foco em Biodigestores Anaeróbios

  • Instagram
  • LinkedIn
  • Email

2 Comments

Add Comment