fevereiro 23, 2014
0
||||| 0 |||||
2140

Reciclagem de automóveis

Reciclagem de veículos

Conheça sobre o processo de desmontagem de veículos e entenda a qual a importância da reciclagem de automóveis para o meio ambiente.

Qual o novo conceito dos automóveis? Quais as etapas básicas do processo da reciclagem de automóveis? Como é realizado a recepção dos veículos a serem reciclados (ELV´s)? Como é o Processo de desmontagem de ELV’s? Qual a classificação de componentes desmontados dos ELV’s? Como ocorre o processo de fragmentação de ELV’s?

A indústria automobilística foi uma das atividades mais importantes do século XX na geração de renda, emprego e investimentos industriais. Ao longo daquele século houve mudanças significativas. Iniciou com a produção artesanal ao advento do sistema de produção em massa de Henry Ford, seguido pelo Toyotismo. Tempos depois, surgem os modelos híbridos de organização da produção. Esses são os que vêm reestruturando a competitividade e sustentando o crescimento contínuo dessa indústria. Até chegar ao que é hoje, o automóvel passou de herói a vilão no ponto de vista ambiental. Herói, em seus primeiros 70 anos como “solução tecnológica arrojada”, transporte rápido, ágil, seguro. Vilão, nos últimos 30, responsável pela degradação ambiental do Planeta.

Devido aos avanços e facilidades de se obter esse produto, há uma crescente preocupação quanto a destinação dos seus resíduos. Mas como atuar nesse mercado? O que é preciso entender sobre o processo de desmontagem de veículos? Qual a importância da reciclagem de automóveis? Conheça como elaborar um PLANO DE NEGÓCIOS e aproveite todas as oportunidades que esse mercado tem a oferecer.

Qual o novo conceito dos automóveis?

A partir de inovações tecnológicas a indústria automobilística têm alterado o conceito do automóvel e de sua produção. Essa mudança é decorrente do compromisso ambiental em que o setor tem que se adequar. Os novos modelos dos anos 90 já incorporaram, em toda sua cadeia produtiva, materiais e processos de menor impacto ambiental. Como não existe solução universal para um produto complexo como o automóvel, todas as etapas de produção precisam ser monitoradas. Desde a fabricação de materiais até a montagem final, necessitam garantir a minimização de seus impactos ambientais negativos. Um exemplo são os chamados carros verdes. A estes modelos, todo o ciclo de produção e de vida do produto é planejado e gerenciado. Desta forma, torna-se possível reduzir os impactos ambientais no processo produtivo como na utilização do produto.

caminhos para o sucesso profissional, como agir para alcançar uma carreira de sucesso, sucesso na carreira frases, como alcançar o sucesso na vida, sucesso profissional definição, sucesso na carreira profissional frases, sucesso profissional redação, sucesso profissional conceito

Segredo revelado! Agora você pode saber como planejar sua carreira profissional no setor de resíduos sólidos. Vamos lá?

Tecnicamente, todos os materiais que entram na composição do automóvel são recicláveis. Os materiais metálicos, representam em média 70% do peso de um carro, permanecendo entre os mais reciclados no mundo. Isso porque, a reciclagem dos metais é a que traz maior vantagem econômica..

Quais as etapas básicas do processo da reciclagem de automóveis?

Atualmente a reciclagem de automóveis é realizada, de forma quase sistemática na Europa, nos Estados Unidos e no Japão. Nestes lugares, são reciclados veículos acidentados em condições de perda total, ou cuja condição de tráfego não é mais segura. Ou seja, a reciclagem ocorre em veículos que não são aprovados em rotinas obrigatórias de inspeção veicular. Cada região possui diferentes critérios e leis para caracterização do veículos em fim de vida útil ou ELV (end of life vehicle). Em todos os países é possível detectar a existência de regulamentações necessárias para viabilizar o processo de reciclagem de veículos.

Para possibilitar a reciclagem de um veículo, são necessárias cinco etapas bem definidas (IREC, 2010):

  1. Recepção dos veículos a serem reciclados (ELV´s)
  2. Desmontagem dos ELV’s
  3. Classificação dos componentes desmontados dos ELV’s
  4. Fragmentação dos ELV’s
  5. Reciclagem dos materiais fragmentados de ELV’s

Essas cinco etapas são intercaladas por etapas de transporte e armazenamento intermediário de materiais e componentes. Tudo isso para que haja verificação da origem e definição da destinação dos materiais em processamento. Em geral, as etapas de recepção, desmontagem e classificação de componentes desmontados de ELV’s podem ser realizadas no mesmo local.

Os processos de fragmentação exigem equipamentos de grande porte e amplas áreas de depósito e separação de materiais. É por esta razão que essas atividades são em geral, realizadas por empresas especializadas e afastadas.

Como é realizado a recepção dos veículos a serem reciclados (ELV´s)?

Inicialmente, no local de recepção de ELV´s é necessário prever uma área de armazenamento para os veículos que chegam. Isso porque, não é possível processar de forma imediata e adequada, todos estes veículos que chegam. São necessárias algumas rotinas, que exigem tempo e incluem a inspeção para avaliação da condição técnica do veículo. Nesta etapa também, realiza-se o processo de baixa do registro como veículo em circulação.

É importante que essas áreas de recepção de veículos não se transformem em áreas de armazenamento de ELV´s. Pois com o tempo, estes veículos podem apresentar vazamentos de fluidos perigosos como também acumular água de chuva. Por esse motivo, é aconselhável que os períodos de recepção e armazenamento inicial não ultrapassem 15 dias.

Como é o Processo de desmontagem de ELV’s?

Descontaminação inicial dos ELV ‘s e drenagem de fluidos

Após a conclusão das rotinas necessárias na recepção dos veículos, tem início o processo de desmontagem. Os automóveis possuem componentes e sistemas, dos quais contêm fluidos perigosos, que devem ser retirados antes da sua desmontagem. Os fluidos que devem ser removidos por questão de segurança são:

  • Combustível remanescente nos tanques
  • Óleo lubrificante do reservatório do motor (cárter)
  • Óleo hidráulico do sistema de freio
  • Óleo hidráulico do sistema de direção
  • Gases do sistema de ar condicionado

Após a drenagem dos fluidos, é possível desmontar os tanques de combustível e os reservatórios de óleo no veículo. Isso garantirá a segurança nos processos posteriores de desmontagem.

Outro fluido muito perigoso nos ELV´s é o gás utilizado nos sistemas de ar condicionado dos veículos. Eles podem ser retirados e reutilizados posteriormente em sistemas de ar condicionado de veículos novos ou de veículos em funcionamento.

Remoção de dispositivos de segurança

Devido aos riscos de acidentes decorrente da ativação destes dispositivos durante a desmontagem, é necessário primeiramente neutralizar os airbags. Em alguns tipos de veículos, além dos airbags, é necessário também neutralizar os dispositivos pré-tensores dos cintos de segurança. Isso porque, esses junto com os airbags são componentes pirotécnicos, cujo acionamento acidental pode levar a sérios riscos de segurança.

Desmontagem de componentes dos ELV’s

Após a descontaminação inicial dos ELV’s e da remoção dos itens de segurança, inicia a desmontagem manual do veículo. Essa atividade exige a ação manual de técnicos em locais apropriados para garantir a preservação dos componentes desmontados.

Qual a classificação de componentes desmontados dos ELV’s?

Um veículo é um equipamento complexo. Sua função original, continua sendo o transporte de motorista, passageiros e cargas dentro das cidades ou entre cidades. Entretanto, os veículos passaram a exercer funções secundárias, como o conforto para manter as condições nos ambientes internas agradáveis. Existem também os sistemas de entretenimento para que os passageiros usufruam de viagens mais prolongadas. Nesta função inclui os sistemas de som de alta qualidade, sistemas de vídeos, dentre outros.

Como ocorre o processo de fragmentação de ELV’s?

Uma das atividades mais importantes no processo de reciclagem de ELV´s consiste na fragmentação das carcaças de aço previamente desmontados. O processo de fragmentação reduz o material a ser reciclado em pequenos pedaços ou porções. Assim, facilita o transportados em containers e também processados por empresas de reciclagem. Os fragmentos de aço, podem ser diretamente adicionados a processos siderúrgicos para fabricação de novos produtos de aço.

Atualmente, existem equipamentos de fragmentação de grande porte que permitem fragmentar veículos completos, ou então carcaças de ELV´s. É importante ressaltar que esses equipamentos, devem passar por uma recepção inicial e pelas etapas de descontaminação. Se o ELV não passar por estas etapas anteriores, há risco de explosão do ELV durante o processo de fragmentação.

A fragmentação de carcaças de ELV´s permite recuperar entre 45% e 55% dos metais existentes no ELV (IREC, 2010). Isso representa aproximadamente dois terços do peso dos materiais metálicos de um veículo novo. Esses fragmentos podem ser totalmente reciclados e transformados em matérias primas para fabricação de novos veículos ou de outros produtos. Os fragmentos metálicos podem ser facilmente transportados em containers e comercializados internacionalmente, se forem adequadamente controlados.

O resíduo resultante do processo de fragmentação (ASR) representa entre 20% a 25% do peso do ELV original. Essa proporção é ainda muito significativa, visto que o ASR possui uma quantidade expressiva de materiais recicláveis. Devido ao crescente aumento das frotas em circulação, estima-se que são geradas aproximadamente 10 milhões de toneladas de ASR/ano.

Consultoria e Visitas Técnicas

O Portal Resíduos Sólidos organiza excursões técnicas para visitar centrais de reciclagem na Europa para grupos com no mínimo 5 pessoas. Entre em contato através do email [email protected] com o seu telefone (fixo e móvel), nome e site da empresa, data prevista para a excursão e se possível, o nome das pessoas que irão participar.

Além disso, oferecemos consultoria para a concepção de projetos como os descritos aqui, desde a sua fase de confecção do Plano de Negócio.

Fontes:

  • A indústria automobilística projetando para a reciclagem – Medina, Gomes
  • Reciclagem e Sustentabilidade na Indústria Automobilística – Castro
Share this:
Tags:

About gleysson

gleysson

Sou especialista em transformar problemas ambientais em negócios sustentáveis. Formado em Dip. Ing. Verfahrenstechnik (Eng. Química) pela Universidade de Ciências Aplicadas de Frankfurt/M na Alemanha com especialização e experiência em Tecnologias para geração de Energia e Engenharia Ambiental. Larga experiência em Resíduos Sólidos com foco em Biodigestores Anaeróbios

  • LinkedIn
  • Email

Add Comment