agosto 23, 2013
1
||||| 0 |||||
3181

Reciclagem de Gesso

A produção de gesso ocorre a partir do aquecimento da gipsita, um material encontrado em todo o mundo e abundante na natureza. Sua composição química é basicamente sulfato de cálcio hidratado (CaSO4•2H2O) e pelo hemidrato obtido pela calcinação desse (CaSO4•½H2O).

Seu uso é muito comum  e amplamente utilizado na construção civil onde devido as suas propriedades de lisura, endurecimento rápido e relativa leveza, podem servir para  o revestimento de tetos e paredes, a confecção de componentes pré-moldados como forros e divisórias e como elemento decorativo. Na medicina é usado em aparelhos ortopédicos, trabalhos de prótese dentária, confecção de formas e moldes, imobilização e também devido ao seu baixo coeficiente de condutividade térmica  é usado como isolante térmico.

Aprenda a ter um negócio de sucesso com resíduos no Portal Resíduos SólidosSeu uso aumenta na mesma medida que acompanha o crescimento da construção civil no país e a falta de gerenciamento correto dos resíduos tem causado cada vez mais estragos a natureza podendo contaminar especialmente o solo e o lençol freático.

“Estima-se que o resíduo do gesso represente em torno de 4% do volume do descarte da construção civil, que no Estado de São Paulo corresponde a mais de 50% de todo o resíduo sólido urbano gerado. O resíduo do gesso é constituído de sulfato de cálcio dihidratado. A facilidade de solubilização promove a sulfurização do solo e a contaminação do lençol freático” evidencia a engenheira civil Sayonara Maria de Moraes Pinheiro.

Para tentar mudar este cenário e diminuir o impacto da logística da distribuição do produto, o Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) reclassificou o gesso e o inseriu na Classe B, ou seja, de resíduo reciclável – conforme a resolução n° 431, de 24 de maio de 2011.

caminhos para o sucesso profissional, como agir para alcançar uma carreira de sucesso, sucesso na carreira frases, como alcançar o sucesso na vida, sucesso profissional definição, sucesso na carreira profissional frases, sucesso profissional redação, sucesso profissional conceito

Segredo revelado! Agora você pode saber como planejar sua carreira profissional no setor de resíduos sólidos. Vamos lá?

“A lei é muito clara na solidariedade da cadeia, do proprietário, ao executor e o transportador da obra. O gesso vinha sendo tratado como resíduo perigoso e destinado aos aterros. Com a norma teremos uma série de mudanças no comportamento”, explica o engenheiro civil Carlos Henrique Machado, diretor jurídico da Caliça Engenharia Ambiental, única empresa de Curitiba a realizar a reciclagem de gesso.

No Paraná, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente informou, por meio da assessoria de imprensa, que realiza a análise e aprovação dos Projetos de Gerenciamento de Resíduos da Construção Civil (PGRCC) onde as empresas precisam esclarecer a quantidade de material que será descartado, como será feita a separação, o armazenamento e o transporte e qual a destinação final escolhida. Em Pernambuco, as empresas que compõem a região do polo gesseiro do Araripe através do seu Sindicato das Indústrias de Extração e Beneficiamento de Gispsita, Calcáreos, Derivados e Gesso e de Minerais Não Metálicos do Estado de Pernambuco (Sindusgesso) assumiram o compromisso de elaborar um Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS) coletivo e integrado para as empresas que compõem a região através de um Termo de Compromisso Ambiental.

Na Europa, a reciclagem de gesso começou na Dinamarca e rapidamente se espalhou pelo continente onde se tornou obrigatória.

Conheça um pouco mais do sistema de reciclagem de gesso instalado na Dinamarca:

  • Coleta – A coleta de gesso conta com contêiner desenvolvidos especialmente para este tipo de material, contribuindo para a correta separação dos resíduos em sua origem. Os contêineres são fornecidos pela empresa de reciclagem para os polos produtores e coletados periodicamente.
  • Logística – Os resíduos são transportados até um local apropriado dentro dos polos produtores onde acontece uma nova triagem. Depois de separados, seguem para a usina de reciclagem.
  • Triagem – Um veículo contendo uma central automática de triagem faz a separação dos resíduos em basicamente papel, gesso e metal. A qualidade dos resíduos separados é tão grande que estes podem ser praticamente 100% reciclados.
  • Reciclagem – O gesso reciclado tem um grau de pureza muito alto que normalmente passa dos 95%. O gesso reciclado é introduzido então ao gesso natural em uma mistura de pelo menos 30%, praticamente não alterando em nada suas propriedades físico-químicas.

Veja no vídeo abaixo como funciona o sistema:

Esse processo foi desenvolvido na Dinamarca e desde 2001 é amplamente utilizado no país. Desde 2003 toda a Escandinávia adotou o sistema assim como em 2004 a Holanda. A partir de 2005, vários outros países adotaram o sistema como Grã-Bretanha, Irlanda e Estados Unidos.

A fabricação de gesso tem uma demanda extremamente alta por energia térmica. No Brasil, muitas empresas usam lenhas em seus fornos. Através de projetos mais bem elaborados e da união de tecnologias para um desenvolvimentos sustentável, podemos imaginar um futuro onde os resíduos sólidos orgânicos serão utilizados para a produção de biogás que poderá alimentar os fornos usados na fabricação de gesso. Dessa forma, teríamos uma economia imensa de recursos naturais além de tratar todos os resíduos como matéria prima secundária de forma sustentável, gerando emprego, renda e respeitando o nosso meio ambiente.

A melhor maneira de identificar o modelo de negócio ideal com viabilidade econômica é através da elaboração de um Plano de Negócios especifico por profissionais competentes. O Portal Resíduos Sólidos oferece esse serviço para os mais diversos negócios do setor de resíduos. Para saber mais, entre em contato por email ([email protected]).

Continue seu estudo sobre Gestão e Gerenciamento de resíduos sólidos clicando em uma das figuras do fluxograma abaixo.

Consultoria e Visitas Técnicas

O Portal Resíduos Sólidos organiza excursões técnicas para visitar centrais de reciclagem na Europa para grupos com no mínimo 5 pessoas. Entre em contato através do email [email protected] com o seu telefone (fixo e móvel), nome e site da empresa, data prevista para a excursão e se possível, o nome das pessoas que irão participar.

Além disso, oferecemos consultoria para a concepção de projetos como os descritos aqui, desde a sua fase de confecção do Plano de Negócio.

Conheça mais tecnologias de reciclagem clicando em uma das figuras abaixo:

Gostou do Tópico? Clique no botão +1 do google logo abaixo

Share this:
Tags:

About gleysson

gleysson

Sou especialista em transformar problemas ambientais em negócios sustentáveis. Formado em Dip. Ing. Verfahrenstechnik (Eng. Química) pela Universidade de Ciências Aplicadas de Frankfurt/M na Alemanha com especialização e experiência em Tecnologias para geração de Energia e Engenharia Ambiental. Larga experiência em Resíduos Sólidos com foco em Biodigestores Anaeróbios

  • LinkedIn
  • Email

1 Comments

Add Comment