fbpx
julho 8, 2013
2
||||| 0 |||||
2154

Reciclagem no mundo – entre arte e curiosidades

Existem projetos baseados na reciclagem no mundo que são simplesmente maravilhosos, mas existem muitos outros que, analisando eles bem, podem ser descritos somente com uma palavra: bizarros!

Tudo o que vem a partir da reciclagem têm que ser considerado como um bom projetos, digno de atenção, mas às vezes acontece que estas ideias são realizadas através da reciclagem de materiais de resíduos que têm pouco a ver com a natureza do produto final.

Os americanos têm uma frase que diz assim: “O lixo de um homem pode tornar-se a riqueza do outro”. A seguir estão alguns projetos originais de todo o mundo, que se baseiam totalmente sobre reciclagem de lixo.

Arte e reciclagem – a crítica ao consumismo

1

Imagem1

2 Imagem2

3 Imagem3

Imagem4

5Imagem5

1 – Uma das mais originais criações recicladas é, sem dúvida, “The Trash People” (o Exército das Sucatas), obra do artista conceitual alemão H.A. Schult. O exército, exibido desde 1996 em uma exposição itinerante nas cidades mais importantes do mundo, é composto de latas amassadas, lixo eletrônico e outros lixos e representa sua crítica pessoal contra o consumismo desenfreado.

2 acima – De exemplos deste tipo a história da arte contemporânea está cheia. Anos atrás, o Eden Project, criou uma árvore de Natal feita inteiramente a partir de materiais reciclados.

2 abaixo – Enquanto em 2005 em San Francisco foi construído um edifício experimental com lixo, chamado Scrap House. Estes são alguns exemplos, mas com certeza uma razão na proliferação destas criações existe: o interesse da arte para reciclagem depende do fato que, na verdade, reciclagem é já uma arte, um modus vivendi.

3 – De símbolo da poluição global a emblema do consumismo desenfreado, nasce uma obra de arte divertida e colorida agora em exposição no Museu de Arte Contemporânea de Roma. Pascale Marthine Tayou, artista de origem africana, criou “Plastic Bags“, uma instalação de 10 metros, composta inteiramente de sacolas plásticas. A obra não só capta o olhar da reciclagem criativa de um objeto tão poluente, mas também quere lançar uma crítica do capitalismo, a partir do tema da poluição e do “usa e joga”.

4 – “Bash the Trash” é uma banda musical de Nova York fundada por John Bertles e Carina Piaggio. Esses caras, recuperam materiais usados e reciclados com os quais eles constroem instrumentos musicais com os quais eles tocam música. Principalmente eles mostram seus performance nas escolas acompanhando o público em uma viagem através do som, da ciência e da música, com especial atenção para as questões ambientais.

5 – Se chama Ecopod e vem do Japão. E’ um caixão feito à mão a partir de folhas de jornal reciclado e decorado com suco de amora-preta a 100%. Parece um negocio macabro mas è um objeto completamente ecofriendly e a finalidade è muito nobre. Os recursos dessa operação são doados à UNICEF e outras organizações similares em todo o mundo.

Por Carlo Galeffi

 

Gostou do tópico? Clique no botão +1 do Google logo abaixo

Share this:
Tags:

About Gleysson B. Machado

Gleysson B. Machado

Sou especialista em transformar problemas ambientais em negócios sustentáveis. Formado em Dip. Ing. Verfahrenstechnik (Eng. Química) pela Universidade de Ciências Aplicadas de Frankfurt/M na Alemanha com especialização e experiência em Tecnologias para geração de Energia e Engenharia Ambiental. Larga experiência em Resíduos Sólidos com foco em Biodigestores Anaeróbios

  • Website
  • Instagram
  • LinkedIn
  • Email

2 Comments

Add Comment