agosto 9, 2013
1
||||| 0 |||||
613

São Bernardo – Incinerador x Desenvolvimento Sustentável


Fig 01: Usina de Incineração da cidade de Würzburg na Alemanha

O que é um incinerador? O que São Bernardo do Campo apresentou com relação a sua utilização? É possível uma relação saudável desta tecnologia com as cooperativas? Os custos do projeto usina de incineração, podem ser pagos com sua utilização? Existe possibilidade de associar as cooperativas ao funcionamento da Usina de Incineração? Qual o ganho para a saúde do município?

O desenvolvimento econômico,  crescimento populacional, a urbanização e a revolução tecnológica vêm sendo acompanhados por alterações no estilo de vida. Também nos modos de produção e consumo da população.

Além do acréscimo na quantidade, os resíduos produzidos atualmente passaram a abrigar na composição elementos sintéticos e perigosos aos ecossistemas. Em virtude das novas tecnologias incorporadas ao cotidiano, estes processos industriais, também afetam a saúde humana.

caminhos para o sucesso profissional, como agir para alcançar uma carreira de sucesso, sucesso na carreira frases, como alcançar o sucesso na vida, sucesso profissional definição, sucesso na carreira profissional frases, sucesso profissional redação, sucesso profissional conceito

Segredo revelado! Agora você pode saber como planejar sua carreira profissional no setor de resíduos sólidos. Vamos lá?

Entretanto, boa parte dos resíduos produzidos atualmente não possui destinação sanitária e ambientalmente adequada. Estes são os chamados lixões, em mais da metade dos municípios brasileiros. Os  municípios que utilizam aterros controlados, onde os resíduos são apenas cobertos por terra, manteve-se tecnologicamente inalterados desde 2000.

Na sua opinião, qual a melhor solução para o tratamento de Resíduos Orgânicos – Biodigestor, Compostagem ou Incinerador?

O que é um incinerador?

A tecnologia para obter eletricidade a partir da combustão de resíduos sólidos é uma das alternativas para destinação do lixo urbano. As usinas funcionam com um incinerador de resíduos, cujo calor produzido é convertido em vapor (em câmaras ou caldeiras), que movimenta uma turbina usada para gerar eletricidade.

A Incineração de resíduos, foi muito difundida nos anos 60, deixando de ser utilizada pela condição de contaminação da atmosfera.

O fato é que atualmente este problema não existe mais. Sua tecnologia já oferece o tratamento desses gases de combustão, podendo ser expelidos em regiões próximas aos municípios .

Possui como elementos / equipamentos principais, áreas de recepção, de armazenamento de lixo, fornos, filtros, câmaras/caldeiras, turbina, gerador de energia. Equipamentos para controle de poluição do ar, sistema para tratamento de água residual, entre outros. A capacidade de produção energética da tecnologia pode variar bastante.

O que São Bernardo do Campo apresentou com relação a sua utilização?

São Bernardo do Campo apresentou como solução para os supostos problemas com o lixo, um projeto a ser  praticado. Trata-se da disputa direta entre o incinerador e reciclagem (cooperativas / catadores) que irá custar inicialmente R$ 4 bilhões de reais.

Segundo anunciou a Prefeitura de São Bernardo do Campo, no Estado de São Paulo. O projeto da usina no município,  prevê o processamento de até mil toneladas de resíduos / dia, gerando 30 MW/h. Seria suficiente para abastecer a iluminação pública e os domicílios de uma cidade com cerca de 300 mil habitantes.   

São Bernardo do Campo em 2010, segundo o IBGE a quantidade de lixo recolhida diariamente superava as 780 toneladas.

Como bem elucida o relatório What a waste: A global review of Solid Waste Management, da Unidade de Desenvolvimento Urbano e Governo Local do Banco Mundial:  No ano de 2012, às cidades do mundo geraram em média 1,3 bilhões de toneladas de RSU por ano.

Há estimativas que esse valor aumente para 2,2 bilhões em 2025 (BHADATATA; HOORNWEG, 2012, p. 8-9).

Consegue imaginar esta quantidade de lixo?   

Então, com São Bernardo também não é diferente.  Lógico que está buscando de forma imediata a solução mais plausível para este monstro que nos cerca a cada dia.

Os custos do projeto usina de incineração, podem ser pagos com sua utilização?

Fig 02: Ilustração Custo

A usina possui  vários pontos positivos. Um dos principais é poder devolver o dinheiro investido a curto prazo.

Sabe-se que esta relação está diretamente ligada ao volume de lixo queimado. Consequentemente, os ganhos com a produção de energia elétrica e material para a construção civil.

Imagine um município que produz sua própria energia elétrica?

Quanto a população iria economizar com isso, ou seja, deixando de comprar energia e sim produzindo a sua própria?

O resíduo gerado na incineração, uma cinza  semelhante a material pozolânico ( cinza vulcânica ), pode ser utilizada na construção civil.

Outro grande ganho com a implantação da Usina é que irá eliminar do planeta a cultura de enterrar  lixo.

Temos atualmente vários trabalhos que deixam bem evidentes os números relacionados a poluição de nossos aquíferos. Enormes áreas que após anos sendo utilizados como aterros acabam sendo abandonados por estarem  saturados. Estas áreas após abandono, não irão servir nem mesmo para habitação, pois o solo fica completamente desestruturado para uma edificação.

Existe possibilidade de  associar as cooperativas ao funcionamento da Usina de Incineração?

No Brasil a Lei 12.305/2010 rege o setor de RS e define a ordem de prioridade no gerenciamento destes resíduos sólidos.

Esta lei atenta para a seguinte ordem de prioridade:

  1. não geração;
  2. redução;
  3. reutilização;
  4. reciclagem;
  5. tratamento dos resíduos sólidos;
  6. disposição final ambientalmente adequada dos rejeitos.

Como é possível ver na lista acima a reciclagem é a quarta na lista de prioridade de gerenciamento resíduos sólidos.

Com a implementação da Usina Incineradora, a preocupação dos comprometidos com a reciclagem na região seria o medo de acabar com as cooperativas.  Consequentemente acabaria com o emprego dos catadores e todos os envolvidos neste processo.

Lógico que onde existir uma determinada tecnologia, consequências ao método antigo sempre irão existir. Falando de sustentabilidade e reciclagem, nada é mais importante do  que manter a inclusão destas pessoas. Isto por que precisamos fazer o máximo para manter estes meios de trabalho / sobrevivência .

Contudo, antes de tudo, o correto  procedimento sempre será a não geração, redução  e reutilização (antes de tudo).

Devemos buscar meios para alinhar as cooperativas com estas usinas e que os resíduos não reciclados possam finalmente serem incinerados.  

 

Qual o ganho para a saúde do município ?

Fig 03: Ilustração Saúde

Os resíduos estão atrelados à questão da contaminação das águas e do solo, da saúde pública e das desigualdades sociais. Também como a outros temas ecológicos e sociais emergentes. .(RESÍDUOS SÓLIDOS E POLÍTICAS PÚBLICAS, 2014, p.26).

Desta forma consegue-se evitar epidemias e outros tipos de contaminações. Podendo  reduzir as condições de saúde pública, e a própria qualidade de vida do cidadão

No que tange aos objetivos da PNRS, infere-se que estes são elencados pela Lei nº 12.305 em seu art. 7º. É possível citar a proteção da saúde pública e da qualidade ambiental; incentivo à adoção de padrões sustentáveis de produção/consumo;  estímulo às tecnologias limpas, ao seu desenvolvimento e aprimoramento para a redução dos impactos ambientais; apoio à indústria da reciclagem; redução do volume de resíduos perigosos; e a não geração de resíduos (BRASIL, 2010).

Assim, o Estado desempenha um importante papel na facilitação e promoção da cooperação com a sociedade e o setor empresarial, sendo :

I – prevenção e redução da geração de resíduos sólidos no processo produtivo; II – desenvolvimento de produtos com menores impactos à saúde humana e à qualidade ambiental em seu ciclo de vida; III – implantação de infraestrutura física e aquisição de equipamentos para cooperativas ou outras formas de associação de catadores de materiais reutilizáveis e recicláveis formadas por pessoas físicas de baixa renda; IV – desenvolvimento de projetos de gestão dos resíduos sólidos de caráter intermunicipal ou, nos termos do inciso I do caput do art. 11, regional; V – estruturação de sistemas de coleta seletiva e de logística reversa; VI – descontaminação de áreas contaminadas, incluindo as áreas órfãs; VII – desenvolvimento de pesquisas voltadas para tecnologias limpas aplicáveis aos resíduos sólidos; VIII – desenvolvimento de sistemas de gestão ambiental e empresarial voltados para a melhoria dos processos produtivos e ao reaproveitamento dos resíduos (BRASIL, 2010).

Na sua opinião, qual a melhor solução para o tratamento de Resíduos Orgânicos – Biodigestor, Compostagem ou Incinerador?

O trabalho duro é o grande aliado da sorte. Rogério Vidal S. Filho

Share this:
Tags:

About gleysson

gleysson

Sou especialista em transformar problemas ambientais em negócios sustentáveis. Formado em Dip. Ing. Verfahrenstechnik (Eng. Química) pela Universidade de Ciências Aplicadas de Frankfurt/M na Alemanha com especialização e experiência em Tecnologias para geração de Energia e Engenharia Ambiental. Larga experiência em Resíduos Sólidos com foco em Biodigestores Anaeróbios

  • LinkedIn
  • Email

1 Comments

  • Rogerio Vidal dos Santos Filho
    2018-03-22 19:27

    Caro Gleysson , muito didático sua colocação quanto a apresentação dos números e exemplos citados . Agora, quando você cita que determinada tecnologia vai diminuir emprego, possibilidade de ganho por parte de uma determinada classe, não se esqueça que foi graças às varias revoluções indústrias que deixamos de lado arcaicas e desonestas ativadas humanas para traz.
    Mais que manter determinado trabalho humano, é gerar condição para que estas pessoas possam evoluir no meio social. Não deve ser alimentado a ideia de que elas serão eternamente necessárias na função que hoje executam. Concordo sim, que seja de esta melhoria de firma gradativa, porém que seja na forma que elas também sejam favorecidas com as tecnologias que um dia serão as verdadeiras ferramentas para continuidade da raça humana neste planeta. Abraços e sou inscrito no seu projeto tutor e poderíamos conversar mais depois.

Add Comment