fbpx
setembro 16, 2013
1
||||| 0 |||||
596

Usina de compostagem de Salerno na Itália

A usina de compostagem pode ser considerada o ponto final de todo o sistema de gestão de resíduos urbanos orgânicos baseado na reciclagem da matéria. Permite transformar a fração úmida do lixo, a parte orgânica dos nossos resíduos, em solo, com grande benefício para o meio ambiente e a saúde pública.

O composto é o resultado de um processo de decomposição e humificação de uma mistura de substâncias orgânicas (tais como, por exemplo, resíduos de poda, restos de alimentos, estrume, lamas ou resíduos de jardinagem como folhas e grama cortada) por macro e microrganismos em condições especiais, onde a presença de oxigênio e um equilíbrio adequado entre os elementos químicos envolvidos na transformação da matéria é fundamental.

Nos lixoes, a decomposição aberta da parte úmida dos resíduos é responsável por odores nauseantes. Além disso o chorume contamina as águas subterrâneas. A implantação de usinas de compostagem pode ser considerada uma solução adequada de combate a esses odores.

Em uma estimativa geral nos domicilios italianos, a fracão dos resíduos orgânicos corresponde a cerca de 30% de todos os resíduos gerados.

Na cidade de Salerno, com 140 mil habitantes, localizada na região de Campania, existe uma usina de compostagem industrial inaugurada em abril de 2011 que serve de modelo para o país e para a Europa que consegue converter os resíduos orgânicos em composto com técnicas eficientes, práticas e de baixo custo para a comunidade.

Todo o material de recebido passa por um pré-tratamento para remover impurezas, que na maioria dos casos consistem de sacos de plástico onde o úmido está contido. A partir de então, a usina combina duas técnicas diferentes de compostagem, a aeróbia “clássica” e a anaeróbia ou de biodigestão. Neste processo, os resíduos orgânicos com alta teor de umidade são prensados. A parte liquida do lixiviado é direcionada ao sistema de biodigestão.

A biodigestão anaeróbia ocorre em 3 taques de formato cilíndrico herméticamente fechados. O metano resultante do processo de descomposição da biomassa flui por diferença de pressão para um tanque e posteriormente é conduzido para os dois motores de combustão para a geração de energia elétrica. O sistema é calibrado para uma produção anual de 3,5 milhões de kW gerando lucros de mais de € 550.000.

A parte sólida continua pela linha aeróbia e corresponde a cerca de 60% do total. Esta parte, misturada com os residuos verdes, que no processo servem como estruturantes, madura no tempo por 90 dias, de acordo com um processo biológico de decomposição natural. Dois outros processos de triagem eliminam as impurezas adicionais até a peneiração final.

Esta usina é responsável pelo tratamento anual de 23.000 toneladas de resíduos orgânicos domiciliares e 7.000 toneladas de resíduos verdes oriundos do sistema de coleta seletiva municipal. A usina tem uma capacidade de processamento diário de cerca 72 ton de FORSU, (Fração Orgânica de Resíduos Sólidos Urbanos) e mais 22 tn de  residuos verdes.

A descarga do material ocorre em um ambiente controlado e despressurizado para conter a dispersão do mau cheiro. O ar, no momento da abertura das portas, é aspirado para dentro, sem o risco de contaminação externa. O ciclo de ar ocorre em um circuito fechado onde biofiltros eliminam os odores.

O sistema de produção é composto pelas seguintes seções principais:

  • Seção de recepção (área de descarga de resíduos);
  • Seção de pré-tratamento (espremedura) da FORSU;
  • Seção de pré-tratamento mecânico: preparação da mistura para a fase aeróbica;
  • Seção de tratamento biológico: bio-oxidação de compostos orgânicos da espremedura em bio-celas (fase ACT – Active Composting Time);
  • Seção de digestão anaeróbica; da fracção líquida da espremedura;
  • Seção de maturação da matriz a ser compostada.

Complementando a produção de energia, foram instalados sistemas fotovoltáicos na parte superior dos depósitos.

Em janeiro de 2013, a eficiência do sistema permitiu a cidade de Salerno merecer o reconhecimento por parte da União Europeia como sendo um dos melhores sistemas de compostagem ativos na Europa e um modelo de planejamento energético moderno.

Veja abaixo algumas fotos da Usina de Compostagem de Salerno

 Gostou do tópico? Clique no botão +1 do Google logo abaixo

Como se tornar um especialista na área e se destacar no mercado?

Estar preparado para uma oportunidade é um passo fundamental para alcançar o sucesso. Fazer a diferença e se destacar no mercado, esse é o nosso objetivo. O Portal Resíduos Sólidos, o maior site voltado exclusivamente para o mercado de resíduos sólidos, possui diversos cursos e conteúdos exclusivos que irá impulsionar seu conhecimento, e proporcionar uma experiência respeitada em todo segmento. Conheça a Área Vip do Portal Resíduos Sólidos, conteúdos de altíssima qualidade e com preços acessíveis, experimente nossos planos e brilhe no mercado. Explore seu potencial, seja você o protagonista da sua própria história.

Share this:
Tags:

About gleysson

gleysson

Sou especialista em transformar problemas ambientais em negócios sustentáveis. Formado em Dip. Ing. Verfahrenstechnik (Eng. Química) pela Universidade de Ciências Aplicadas de Frankfurt/M na Alemanha com especialização e experiência em Tecnologias para geração de Energia e Engenharia Ambiental. Larga experiência em Resíduos Sólidos com foco em Biodigestores Anaeróbios

  • LinkedIn
  • Email

1 Comments

  • Joyce F Maison
    2018-03-25 20:19

    Hello Gleysson,
    Moro em Maraú/Bahia, e a Janaina do Ecovila Piracanga foi quem falou de voce e o seu portal, que adorei, parabens. Ela disse que talvez vc viesse ao Brasil no 2do semestre, e venho realçar o convite da Janaina para vir visitar-nos em Maraú – um paraiso fragil, uma APA, um local que esta crescendo c/turismo, mas ao mesmo tempo recebendo novos moradores que vem se unindo para cuidar da preservação e conservação.
    Tenho meu filho morando em Karlsruhe, e vamos la todo ano. Estaremos la de 14 a 20/05, por acaso alguma possibiidade de nos encontrarmos ? Mas, fica aqui o convite, e pode se hospedar em nossas casas – http://www.maisonemaison.com. Aguardo sua resposta, muito obrigada pela atenção, abs, Joyce e Marcel Maison

Add Comment