fbpx
dezembro 11, 2013
0
||||| 0 |||||
819

Usina de Incineração lança material cancerígeno na atmosfera na Alemanha

A usina de incineração, ou Usina de Queima de lixo da cidade de Korbach na Alemanha registrou concentrações tão altas de material cancerígeno (mercúrio) em suas emissões na atmosfera que foi obrigada a ser desligada pelo Conselho Regional da cidade de Kassel (Regierungspräsidium Kassel). O mercúrio é um metal pesado que se inalado pode causar câncer.

A empresa operadora da Usina, MVV Energie AG (Mannheim) confirmou que nos dias 12 e 16 de setembro, a concentração de mercúrio nos gases emitidos pela usina haviam novamente passado dos limites permitidos pelas agencias de controle locais e por isso teve que ser desligada. A empresa informou imediatamente os órgãos reguladores, o que é obrigação por Lei na Alemanha.

O sistema de segurança da usina registrou os altos índices e imediatamente bloqueou o fornecimento de lixo para a camara de queima da central, na tentativa de tentar controlar a emissão. Algumas vezes durante esse processo, a geração de energia da usina funciona com o fornecimento de gás natural reservado em tanques para casos de emergência como este. Apesar disso, quando a usina tentava voltar a operação normal, a quantidade de mercúrio voltava a subir. Por isso, o Conselho regional mandou parar por completo a operação da usina para evitar riscos maiores a sociedade local.

Apesar do sistema de proteção automático funcionar perfeitamente, o lixo contaminado continua a ser queimado na usina. Alguns críticos interrogam a falta de um mecanismo de controle na entrada de lixo na usina. Hoje, mesmo com toda a tecnologia existente para o processo de queima e tratamento de gases, não existe nenhum mecanismo de controle dos resíduos na entrada da usina, o que teoricamente pode ser fatal para muitas pessoas que respirarem ar contaminado com mercúrio.

Se estivesse no Brasil, uma usina como essa usina ainda poderia ser um problema muito maior já que muitas vezes, resíduos hospitalares contaminados com material radioativo vão parar em lixões ou aterros sanitários. A queima de material radioativo em usinas de lixo distribuiria material radioativo no ar e contaminaria milhares de pessoas.

Vagas Limitadas! Aproveite agora!

Atualmente a usina de Korbach é responsável pela queima de 75.500 toneladas de lixo por ano (2012) com uma potencia instalada de 36 MW.

Como a origem do material contendo o mercúrio ainda não foi localizado, todas as partes que envolvem fornecimento de material para queima, inclusive o próprio gás natural, estão sendo novamente analisados por laboratórios especializados.

Referencias:

Share this:
Tags:

About Gleysson B. Machado

Gleysson B. Machado

Sou especialista em transformar problemas ambientais em negócios sustentáveis. Formado em Dip. Ing. Verfahrenstechnik (Eng. Química) pela Universidade de Ciências Aplicadas de Frankfurt/M na Alemanha com especialização e experiência em Tecnologias para geração de Energia e Engenharia Ambiental. Larga experiência em Resíduos Sólidos com foco em Biodigestores Anaeróbios

  • Instagram
  • LinkedIn
  • Email

Add Comment