julho 8, 2013
0
||||| 0 |||||
771

Waste to Energy – energia de resíduos em Londres

Somente em Londres, autoridades locais coletaram 3632 milhões de toneladas de resíduos de residências e empresas em 2013.

 

O que é Waste to energy? Como podemos aplicar esta ferramenta ? Qual a perspectiva da cidade de Londres com este projeto ? Qual o resultado esperado ? Quais a vantagens deste sistema?   

O lixo tem acumulado de maneira quase incontrolável em todas as cidades do mundo. Tem  causado a possibilidade de geração de doenças e contaminação do meio ambiente, precisa ser assim ?

Uma das formas para a solução deste problema, seria a geração de energia a partir destes resíduos. Com o lixo que produzido todos os dias, poderá  se obter uma quantidade de energia suficiente para alimentar estas cidades. Este é o objetivo de “Waste to Energy”, uma instalação para eliminação de resíduos, sendo testada experimentada em East London.

caminhos para o sucesso profissional, como agir para alcançar uma carreira de sucesso, sucesso na carreira frases, como alcançar o sucesso na vida, sucesso profissional definição, sucesso na carreira profissional frases, sucesso profissional redação, sucesso profissional conceito

Segredo revelado! Agora você pode saber como planejar sua carreira profissional no setor de resíduos sólidos. Vamos lá?

Conheça nossos cursos de Planejamento e Gestão de Resíduos Sólidos :   EPGRS

O que é Waste to energy?

Desperdício de energia (WtE) ou energia do lixo (EfW). Trata-se do  processo de geração de energia na forma de eletricidade e calor. Ambos  a partir do tratamento primário de resíduos, ou o processamento de resíduos em uma fonte de combustível. O WtE é uma forma de recuperação de energia. A maioria dos processos WtE geram eletricidade e / ou calor diretamente através da combustão. Também  produzem um combustível, como metano, metanol, etanol ou combustíveis sintéticos.

Como podemos aplicar esta ferramenta ?

A incineração, a combustão de material orgânico, como resíduos com recuperação de energia, é a implementação mais comum do WtE. Novas usinas WtE nos países OCDE que incineram resíduos (MSW residuais, comercial, industrial ou CDR), devem atender padrões de emissão. Incluindo aqueles sobre óxidos de nitrogênio (NOx), dióxido de enxofre (SO2), metais pesados ​​e dioxinas.  Assim, as modernas instalações de incineração são muito diferentes das antigas. Os incineradores modernos reduzem o volume do lixo original em 95-96% e com o tratamento dos gases de combustão. Este resultado depende da composição e do grau de recuperação destes materiais.

Qual a perspectiva da cidade de Londres com este projeto ?

O prefeito da cidade Boris Johnson tem tratado o início do trabalho como uma nova era para  eliminação de resíduos. Com este sistema de gaseificação, será possível reduzir o uso de aterro sanitário. A Biossence East London Ltd irá realizar esta instalação com um custo de £ 80 milhões. A partir de resíduos irá extrair os gases residuais necessários para mover uma série de turbinas e gerar eletricidade.

Estas são as palavras do prefeito de Londres:

“Esta será uma instalação fantástica que vai usar o nosso lixo diário transformando milagrosamente em um recurso precioso: a eletricidade. O cidadão poderá dormir tranquilo. Todos  resíduos que não reciclados, deixarão de ser levados para aterro sanitário e irão alimentar suas casas com energia verde.

Quais as vantagens deste sistema?

Central na idéia governamental da cidade do prefeito Johnson è a “política verde” de tráfego. Será promovida através da instalação de várias estações de carregamento para carros elétricos. Será criando uma frota de táxis a hidrogênio, graças ao apoio do UK Government Technology Strategy Board.

Conheça nossos cursos de Planejamento e Gestão de Resíduos Sólidos :   EPGRS

“Se for preciso, tente novamente, tente, tente… porque nós somos o que fazemos repetidamente”. Rogério Vidal dos Santos Filho.    

Share this:
Tags:

About gleysson

gleysson

Sou especialista em transformar problemas ambientais em negócios sustentáveis. Formado em Dip. Ing. Verfahrenstechnik (Eng. Química) pela Universidade de Ciências Aplicadas de Frankfurt/M na Alemanha com especialização e experiência em Tecnologias para geração de Energia e Engenharia Ambiental. Larga experiência em Resíduos Sólidos com foco em Biodigestores Anaeróbios

  • LinkedIn
  • Email

Add Comment