fbpx
junho 27, 2013
0
||||| 2 |||||
11602

Reciclagem de Plásticos

Morte de animais marinho devido a ingestão de plásticos.

O que é plástico? Quais os tipos de plásticos? Como é realizada a reciclagem de plásticos?Como o mercado pode favorecer empreendimentos da reciclagem de plásticos?

É muito comum nos dias atuais nos depararmos com resíduos plásticos descartados de forma inadequada no meio ambiente. O resultado disso, é a geração de cenários degradantes, impactando negativamente a paisagem dos centros urbanos como dos ambientes naturais. O agravante dessa situação, são as mortes de animais aquáticos e terrestres que tem confundido plásticos por alimento. Por este motivo, tornou-se frequente ouvirmos e vermos campanhas, enfatizando a redução na produção e o descarte inadequado deste resíduo. Conheça como a Alemanha tem conseguido solucionado esse problema de FORMA LUCRATIVA E AMBIENTALMENTE CORRETA.

gerenciamento de resíduos sólidos pdf gestão de resíduos sólidos urbanos gestão de resíduos no brasil gerenciamento de resíduos industriais como é feito o gerenciamento de residuos solidos curso gestão de resíduos gerenciamento de resíduos de serviços de saúde gestão integrada de resíduos sólidos

Se você realmente deseja realizar seu sonho de trabalhar em prol do meio ambiente e ajudando milhares de pessoas, você precisa se qualificar. O Treinamento em Gerenciamento de Resíduos Sólidos é apontado por especialistas como o melhor do mercado para consultores, assessores, funcionários públicos, empresários, investidores e futuros profissionais. O conhecimento que está neste curso é a única coisa que lhe separa dos seus sonhos. Em apenas 2 meses você poderá comprovar. Quanto tempo mais você vai precisar para decidir investir no seu próprio desenvolvimento?

implantação da coleta seletiva.

O que poucos conseguem visualizar diante deste panorama, é que os resíduos podem passar de um problema para uma rica fonte de lucros. O segredo para o sucesso, estar inicialmente em reconhecer que esses resíduos possuem valores econômicos. Do mesmo modo, saber que o mercado está a procura de profissionais qualificados que possuam aptidão para gerenciá-los. Conheça como se deve ser realizada a gestão adequada desses resíduos e se torne um PROFISSIONAL PROMISSOR DESSE MERCADO.

Negócios com Coleta Seletiva – Pfandsystem

O que é plástico?

O plástico é um polímero – material obtido pela junção de moléculas menores denominadas monômeros, interligadas quimicamente. De acordo com sua origem, os polímeros podem ser divididos em naturais ou sintéticos. Os polímeros naturais são comuns em plantas e animais e os sintéticos são obtidos através de reações químicas de polimerização. Com o avanço tecnológico, o homem passou a produzir em larga escala os polímeros sintéticos derivado do petróleo. A partir disso, os custos na produção do plástico reduziram, e o seu uso se tornou comum no cotidiano humano.

Praticamente, todo o plástico utilizado hoje é derivado do petróleo, um combustível fóssil não renovável. É devido a esta composição, que se deve evitar que o seu descarte seja realiado de forma inadequado.

acúmulo de plástico nos oceanos.

Degradação do ambiente marinho em decorrência do descarte inadequado dos plásticos

Agora que você sabe o que é plástico e o principal composto utilizado na sua fabricação, que tal adequar suas atitudes? O seu modo de agir, pode contribuir ou agravar os ambiente em que você interaje. Para a sua adequada destinação é preciso conhecer algumas das principais características do plástico. Com isso, é possível determinar o potencial desse material para a reciclagem.

Quais os tipos de plásticos?

Os plásticos podem ser classificados de acordo com suas características térmicas em: termofixos ou termorrígidos, termoplásticos e Elastómeros. O que determina essas características, é o tamanho e estrutura das moléculas formadoras.

Termofixos (Termorrígidos)

São polímeros que uma vez moldados, não podem ser remoldados novamente. São rígidos e frágeis (quebradiço), sendo muito estáveis a variações de temperatura. Ao tentar aquecer o termofixo a fim de fundi-lo, fatalmente o levará a degradação e dificultará a sua reciclagem. Uma alternativa estar em trabsformá-los em uma mistura em pó, que podem ser moldados quando submetidos a determinada temperatura e pressão. Como exemplo, as

telhas transparentes e inúmeras peças de indústrias – principalmente da indústria automobilística. Alguns exemplos:

  • Baquelite – Usada em tomadas, cabos de panelas, e no embutimento de amostras metalográficas.
  • Poliéster – Usado em carrocerias, caixas d’água, piscinas, dentre outros, na forma de plástico reforçado (fiberglass).

Este tipo de material, também é caracterizado como inflamável e sua disposição em aterros constitui risco extremo (MEDEIROS, 2005). Quando queimados emitem gases complexos que absorvidos pelos seres humanos, podem causar efeitos extremamente danosos à sua saúde.

Elastômeros (Borrachas)

São polímeros de classe intermediária entre os termoplásticos e os termorrígidos: não são fusíveis, mas apresentam alta elasticidade. São polímeros que apresentam propriedades específicas, sendo utilizadas em grande escala na indústria automobilística, principalmente para a produção de pneus (PAULO e SARON, 2009). Podem ser citadas como exemplos:

  • Poliisopreno – Borracha semelhante à natural
  • Neopreno ou policloropreno – pneus, câmaras de ar, vedações, mangueiras de borracha.

Semelhantemente aos termofixos, os elastômeros podem ser valorizados após moagem e incorporado na produção de outros materiais.

Termoplásticos

Termoplástico é o principal plásticos encontrado no mercado. Pode ser fundido diversas vezes, em consequência da sua estrutura macromolecular linear. É este polímero, o mais utilizado na indústria da reciclagem dos plásticos. Em contrapartida, é o mais encontrado disposto de forma inadequada no meio ambiente. Conhecer cada um destes plásticos, tornará-lo auto independente para escolher a forma adequada para seu descarte.

PVC – Policloreto de vinila ou cloreto de polivinila: É um plástico rígido, transparente e impermeável, resistente à temperatura e inquebrável. O PVC é constituído por aproximadamente 57% de cloro, 38 % carbono e 5% hidrogênio (PIATTI e RODRIGUES, 2005). Utilizado na fabricação de Telhas translúcidas, portas sanfonadas, tubos e conexões para água e esgoto, molduras para teto e parede.

PEAD – polietileno de alta densidade: muito utilizado para produção de embalagens de detergentes e óleos automotivos, vasilhas, tambores de tintas, engradados de bebidas, filmes, etc. É inquebrável, resistente a baixas temperaturas, leve, impermeável, resistente quimicamente e mecanicamente.

PEBD – polietileno de baixa densidade: amolece a baixas temperaturas, queima como vela, e tem a superfície lisa e “cerosa”. É flexível, leve, transparente e impermeável. Os principais produtos fabricados com este material são filmes para embalar alimentos, sacaria industrial, sacos de lixo, sacolas, etc. Acreditem! Aproximadamente entre 500 bilhões e 1 trilhão de sacolas plásticas são consumidas em todo o mundo anualmente. Achou muito? A natureza também (Ministério do Meio Ambiente). Talvés o seu consumo, seja o desencadeador para a perda da sua qualidade vida.

PS – Poliestireno: possui alta densidade, é quebradiço, amolece a baixas temperaturas, queima relativamente fácil, liberando cheiro de “estireno”. É impermeável, rígido, leve e muito brilhante. Utilizado para fabricar copos, pratos e talheres descartáveis, peças de máquinas e de automóveis, gavetas de geladeira, brinquedos, etc…

PP – Polipropileno: tem baixa densidade, amolece a baixa temperatura, queima como vela e faz barulho semelhante ao celofane quando apertado nas mãos. É inquebrável, transparente, brilhante, rígido; resiste a mudanças de temperatura e conserva o aroma. É utilizado principalmente na fabricação de filmes para embalagens de alimentos, copos, pratos e talheres descartáveis, etc..Para se ter ideia, o tempo de decomposição de um copo descartável está entre 250 e 400 anos. Ou seja, muitas gerações passarão e o copo ainda existirá” (TOSSI, et al. 2013).

PET – polietileno tereftalato: um tipo de plástico de alta densidade, muito resistente, que amolece também, a baixa temperatura. É transparente, inquebrável, impermeável e leve. Utilizado para fabricar embalagens para bebidas, refrigerantes, água mineral, alimentos, produtos de limpeza, além de tecidos, fios, sacarias, vassouras. Este tipo de material ao chegar nos oceanos, pode demorar mais de 400 anos para se decompor. Nesse intervalo de tempo, este material poderá se transforma em microplásticos. A consequência, é muitos animais marinhos poderão confundir com pequenos pedaços de comida e ingerí-los.

ABS – Acrilonitrila butadieno estireno: Apresenta características de dureza, brilho, flexibilidade e isolante elétrico. Possui como grande vantagem a facilidade de reciclagem, sendo um dos preferidos no setor de eletroeletrônicos.

mercado dos resíduos eletrônicos.

Como reconhecer as melhores oportunidades que o mercado de resíduos eletrônicos pode oferecer;

O homem utiliza os mais diversos tipos de plásticos em suas atividades cotidianas. O grande desafio ainda está na destinação ambientalmente adequada, para que estes resíduos retornem ao ciclo produtivo.

“A vida está cheia de desafios que, se aproveitados de forma criativa, transformam-se em oportunidades”

Marxwell Maltz

Como é realizada a reciclagem de plásticos?

Uma das dificuldades técnicas de reciclar os plásticos pós-consumo, está no fato de se encontrarem misturados os diferentes tipos de resinas. Sabes como resolver esse problema? Descubra os EXEMPLOS DE SUCESSO, se inspire e torne-se o empresário do setor.

Uma forma de fazer a triagem destes materiais leva em conta as características físicas e de degradação térmica dos plásticos. Para uma eficiência do sistema de reciclagem é interessante que use embalagens compostas pelo menor número possível de resinas diferentes. Quanto mais bem separado estiverem esses resíduos, maior o seu valor agregado. Após sua separação, o material é encaminhado para o processo de reciclagem, onde se transformará em um novo produto.   

A reciclagem do plástico triado pode ser feita hoje por processo mecânico ou químico:

Na mecânica é realizada a conversão dos materiais descartados em granulados que podem ser reutilizados na produção de novos produtos. Para isso, é necessário a realização das seguintes etapas:

  • Moagem dos plásticos (após passarem pela triagem)
  • Lavagem com água para remoção dos contaminantes;
  • Aglutinação – que consiste na secagem, compactação e redução do volume direcionado à extrusora.
  • Extrusão – fundição e homogeneização do material, gerando como produto spaghettis – tiras de plásticos.

Na química ocorre o processo em que há utilização de compostos químicos para recuperar resinas que compõem o plástico.

Como o mercado pode favorecer empreendimentos da reciclagem de plásticos?  

treinamento para agentes em resíduos solidos

Maior portal de treinamentos em resíduos sólidos;

Se você foi conseguiu captar o cenário de oportunidades nesse ramo, seja rápido e aproveite. O mercado necessita de empreendedores na atividade da reciclagem e de muitos outros setores do gerenciamento de resíduos. Para se ter ideia do negócio, em 2016, o Brasil produziu mais de 78,3 milhões de toneladas de resíduos sólidos por ano. Deste total, cerca de 10,5 milhões de toneladas são de plásticos. Se a industria da reciclagem tivesse absorvido todo esse material, aproximadamente R$ 5,7 bilhões teriam retornado para economia ( SELURB).

“Oportunidades não surgem. É você que as cria” Chris Grosser.

O gerenciamento de resíduos envolve uma rede complexa de atividades que abrem oportunidades além da reciclagem. Porém, empreendimentos com reciclagem se demonstram promissor, por se tratar de um tratamento indispensável estes tipos de resíduos.

O mercado de reciclagem de plásticos oferece no Brasil possibilidades ímpares justamente por não estar sendo explorado em sua totalidade. Usinas recicladoras só são encontradas em grandes centros urbanos. Devido a isso, milhares de cidades são obrigadas a enviar seus resíduos de plástico para recicladoras localizadas em outras cidades. muitas vezes muito distantes.

Para ter chances de sucesso, o empreendedor precisa conhecer o mercado em que atuará como as tecnologias disponíveis para o negócio. Para identificar o modelo de negócio ideal e com alta viabilidade econômica é necessário elaborar um Plano de Negócios específico. O Portal Virapuru Training Center oferece esse serviço para os mais diversos negócios do setor de resíduos.

Bibliografia

HARPER, C. A.; PETRIE, E.M. Plastics materials and process: a concise encyclopedia. Hoboke: JOHN W. & SONS. Inc., 2003.

MEDEIROS, O. M. Alternativas de utilização de resíduos plástico termofixo. 2005. Tese (Doutorado em Ciência e Engenharia de Materiais). Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Natal-RN. 2005.

Ministério do Meio Ambiente. O tamanho do problema. Disponível: <http://www.mma.gov.br/responsabilidade-socioambiental/producao-e-consumo-sustentavel/saco-e-um-saco/saiba-mais>. Acesso:31 de julho de 2018.

PAULO, G. D.; SARON, C. Reciclagem de elastômeros por desvulcanização química e física combinadas. In.: 10ª Congresso Brasileiro de Polímeros – Foz do Iguaçu. 2009.  Anais… Foz de Iguaçu. CBPol.

PIATTI, T. M.; RODRIGUES, R. A. F. Plásticos: características, usos produção e impactos ambientais. Série: conversando sobre ciências em Alagoas. Maceió/AL. 2005.

SELURB – Sindicato Nacional das Empresas de Limpeza Urbana. São Paulo/RN.

TOSSI, P. H.; SILVA, F. F.; BEDIN, L. S.; LINS, O. Término do uso de copos plásticos nas refeições da UNICAMP. Ciências do Ambiente – UNICAMP. 2013.

O Virapuru Training Center é o maior especialista em energia e meio ambiente em língua portuguesa

Quando você perceber que toda a sua luta por melhor qualidade de vida para você e sua família, por reconhecimento profissional e por liberdade financeira depende única e exclusivamente do desenvolvimento de suas competências, você vai tomar a atitude certa. Os maiores sinais das gigantescas oportunidades do mercado de resíduos sólidos são as cidades com ruas sujas, rios e mares poluídos e lixo sem destinação correta. Em contraste com isso tudo, catadores reconhecem o valor de produtos nos lixões e tiram daí seu sustento. Quanto tempo mais você vai precisar para entender o que está acontecendo no planeta onde você vive?

Share this:
Tags:

About gleysson

gleysson

Sou especialista em transformar problemas ambientais em negócios sustentáveis. Formado em Dip. Ing. Verfahrenstechnik (Eng. Química) pela Universidade de Ciências Aplicadas de Frankfurt/M na Alemanha com especialização e experiência em Tecnologias para geração de Energia e Engenharia Ambiental. Larga experiência em Resíduos Sólidos com foco em Biodigestores Anaeróbios

  • LinkedIn
  • Email

Add Comment